Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Confiança das famílias da Zona Euro continua a subir no início de 2023

Na entrada de 2023, a confiança dos consumidores da Zona Euro continua a recuperar. O indicador da Comissão Europeia voltou a subir em janeiro, pelo quarto mês consecutivo, mas ainda se mantém muito abaixo da média de longo prazo.

O consumo caiu, não tanto por falta de rendimentos, mas pelas restrições e receio provocado pela pandemia.
Rob Engelaar/EPA
Susana Paula susanapaula@negocios.pt 23 de Janeiro de 2023 às 15:26
O indicador de confiança dos consumidores da Zona Euro continuou a melhorar em janeiro de 2023, subindo 1,1 pontos percentuais, mantendo-se, ainda assim, em valores negativos, muito abaixo da média de longo prazo, divulgou nesta segunda-feira, 23 de janeiro, a Comissão Europeia (CE).

Segundo a estimativa rápida da Direção-Geral dos Assuntos Económicos e Financeiros (DG ECFIN) da Comissão Europeia, o indicador de confiança dos consumidores da Zona Euro recuperou para -20,9 pontos percentuais. Também o indicador referente à União Europeia (ou seja, que inclui os Estados-membros que não pertencem ao euro) subiu 1,4 pontos percentuais para -22,4 pontos percentuais em janeiro.

Apesar da melhoria, "a confiança dos consumidores continua muito abaixo da sua média de longo prazo", destaca a Comissão Europeia. 

Este é o quarto mês consecutivo de recuperação da confiança dos consumidores da Zona Euro, o que demonstra que, depois de as famílias se terem mostrado consecutivamente mais otimistas no último trimestre de 2022, a tendência manteve-se no início deste ano. 

Os dados foram recolhidos em inquéritos realizados entre 1 e 20 de janeiro junto de consumidores de 26 países da UE (todos menos a Roménia), cobrindo 98% do total da despesa de consumo final privado. Já no indicador da Zona Euro estão abrangidos todos os Estados-membros (Croácia incluída, portanto).
Ver comentários
Saber mais Zona Euro Comissão Europeia economia negócios e finanças macroeconomia política orçamento do estado e impostos
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio