Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Ministra diz que setor da agricultura mostrou resiliência perante a pandemia

A ministra da Agricultura afirmou esta segunda-feira, em Coimbra, que o setor mostrou "uma resiliência muito importante" no contexto da pandemia de covid-19.

Paulo Novais/Lusa
Lusa 06 de Julho de 2020 às 21:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
O setor da agricultura foi-se adaptando ao longos dos anos para, "neste cenário particularmente difícil, ter mostrado uma resiliência muito importante", realçou Maria do Céu Albuquerque, que falava na cerimónia do 25.º aniversário do Mercado Abastecedor de Coimbra (MAC).

"Quando olhamos para estes quatro meses, não faltaram alimentos. Aliás, houve o inverso, um excesso de oferta em relação à procura", motivado pela "mudança de hábitos dos portugueses", realçou a governante.

De acordo com a ministra da Agricultura, apesar de os bens da economia portuguesa terem, em média, registado uma diminuição de cerca de 40% nas exportações, o complexo agroalimentar "continuou a crescer", apontando para os dados do Instituto Nacional de Estatística de abril, que notam um aumento de 1,6% nas exportações deste setor em comparação com o período homólogo de 2019.

"Isso dá-nos motivação acrescida", vincou, considerando que se tem também de continuar a promover a produção nacional.

No decorrer da cerimónia, o administrador executivo do MAC, Nelson Lopes, avançou que aquele mercado abastecedor pretende "modernizar os pavilhões de hortofrutícolas", bem como construir um novo interposto, "para aumentar a capacidade do centro logístico".

O presidente da Câmara de Coimbra, Manuel Machado, também presente na cerimónia, destacou que o MAC tem conseguido "adaptar-se" às circunstâncias, acompanhando a sua intenção de ampliação.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 534 mil mortos e infetou mais de 11,47 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 1.620 pessoas das 44.129 confirmadas como infetadas, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

Ver comentários
Outras Notícias