Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

BCE nomeia belga para cargo de economista-chefe

O Banco Central Europeu (BCE) nomeou hoje o belga Peter Praet para ocupar o cargo de economista-chefe da instituição. O cargo, ocupado anteriormente por Jurgen Stark, era disputado pela França e Alemanha.

Andreia Major amajor@negocios.pt 03 de Janeiro de 2012 às 17:30
  • Partilhar artigo
  • ...
O presidente do BCE nomeou o belga Peter Praet para o comando da divisão económica do banco, ignorando assim os pedidos da Alemanha e de França para escolher um dos seus representantes nacionais para ocupar o cargo de economista-chefe.

Peter Praet (na foto), com 62 anos, será o primeiro político não alemão a ocupar o cargo de economista-chefe do BCE, de acordo com a Bloomberg.

O político belga era especialista em regulação financeira no Banco Central da Bélgica antes de se juntar ao conselho executivo do BCE, em Junho.

Já o alemão Joerg Asmussen, apontado pela Alemanha para substituir Jurgen Stark, será responsável pelas relações internacionais da instituição financeira.

O francês Benoit Coeure, candidato apresentado por França para o cargo de economista-chefe, estará no comando das operações de mercado a partir de Março.

"O BCE encontrou uma solução muito boa para contornar possíveis disputas nacionais [entre França e a Alemanha]", disse Sebastian Wanke, economista do Dekabank, à Bloomberg.

"É um passo inteligente passar a pasta das relações internacionais e europeias para Joerg Asmussen. Será uma área política mais importante nos próximos anos que a posição de economista-chefe", concluiu o economista.

Jurgen Stark, antigo economista-chefe do BCE, ter-se-á demitido por ser contra o programa de compra de obrigações do BCE. O cargo de economista-chefe compreende a coordenação de todo o trabalho das equipas que estudam as opções de política monetária. Cabe também ao economista-chefe apresentar as propostas na reunião de governadores.

A França e a Alemanha lutaram nos últimos meses pelo lugar que Stark deixou no último dia de 2011, porém a escolha recaiu sobre o belga Peter Praet.
Ver comentários
Saber mais BCE Peter Praet França Alemanha economista-chefe
Outras Notícias