Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Preços da alimentação não subiam tanto há mais de 32 anos

Ritmo da inflação voltou a acelerar após uma breve travagem em agosto, que foi apoiada pela descida dos preços dos combustíveis. Os custos com a energia continuam a abrandar para as famílias, mas os restantes preços ainda não dão sinal de ceder.

A produção agrícola tem sentido forte impacto da guerra na Ucrânia.
A produção agrícola tem sentido um forte impacto da guerra na Ucrânia. Paulo Novais /Lusa
Maria Caetano mariacaetano@negocios.pt 02 de Outubro de 2022 às 21:45
  • Partilhar artigo
  • 2
  • ...

Os preços que mais pesam nos orçamentos das famílias, os da alimentação, continuam a disparar e a impedir o abrandamento da inflação global do cabaz nos consumidores, que em setembro terá voltado a acelerar após uma ligeira travagem em agosto.

...

Ver comentários
Saber mais INE Portugal Zona Euro inflação
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Outras Notícias