A carregar o vídeo ...
Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

S&P melhora "rating" da Ucrânia depois de FMI aprovar empréstimo ao país

A Standard & Poor’s reviu o seu "rating" para a dívida da Ucrânia de "B" para "B+", depois de o FMI ter aprovado um empréstimo de 15,2 mil milhões de dólares.

Hugo Paula hugopaula@negocios.pt 30 de Julho de 2010 às 13:02
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
A agência de notação financeira melhorou ainda a sua classificação da divisa de "B+" para "BB-", segundo anunciou a S&P em comunicado citado pela Bloomberg. Tudo isto ocorreu na sequência da decisão de 28 de Julho do Fundo Monetário Internacional (FMI), que despendeu imediatamente 1,9 mil milhões de euros, para que a antiga nação soviética cobrisse mil milhões de dólares do défice orçamental.

Para combater o défice, o país está a aumentar os preços dos combustíveis cobrados às famílias e às empresas e concordou em reduzir o défice orçamental para 5,5% neste ano e 3,5% no próximo ano.

“Acreditamos que o programa do Fundo Monetário Internacional aumente as hipóteses de medidas orientadas para a estabilidade que devem aumentar a resiliência da economia ucraniana e das suas finanças públicas”, disse a Standard & Poor’s em comunicado citado pela Bloomberg. “O programa do Fundo Monetário tamvém reduz a vulnerabilidade da economia do país ao estrangeiro, por lhe fornecer financiamento”.

Foi atribuído um financiamento de 16,4 mil milhões de euros, ao longo de dois anos, à Ucrânia, dos quais recebeu 10,6 mil milhões até que o financiamento foi cortado em Novembro, por ter incumprido os plano cortes orçamentais, em face de umas eleições presidenciais que tiveram lugar no início deste ano.

Ver comentários
Outras Notícias