Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Mudanças à taxa sobre depósitos nas mãos dos cipriotas

O membro alemão da comissão executiva do Banco Central Europeu, Jörg Asmussen, admitiu hoje a possibilidade de alterações nas condições impostas no sábado pelo Eurogrupo para emprestar dinheiro ao Chipre.

Lusa 18 de Março de 2013 às 11:52
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...

"Este é o programa de ajustamento do Governo cipriota, não é o da troika nem de qualquer outro governo", afirmou Asmussen numa conferência em Berlim, citado pela agência noticiosa francesa AFP.

 

"Se o presidente cipriota quiser mudar alguma coisa na taxa sobre os depósitos, está nas suas mãos", acrescentou, dizendo no entanto que este terá "apenas de garantir que o financiamento está intacto", sendo que a contribuição da taxa sobre os depósitos para os cofres do Estado cipriota está estimada em quase 6 mil milhões de euros.

 

O acordo alcançado na madrugada de sábado pelo Eurogrupo vai permitir ao país receber um empréstimo de 10 mil milhões de euros das entidades internacionais, mas também obriga à aplicação imediata de uma taxa sobre todos os depósitos bancários que atinge os 6,75% até aos 100 mil euros e passa a 9,9% acima dos 100 mil euros.

 

Os depositantes deverão ficar em troca do corte nos seus depósitos com acções dos bancos.

 

Para além disto, os juros que seriam pagos pela aplicação das poupanças dos clientes em depósitos são retidas na fonte, como imposto também, e o país é obrigado a aumentar a taxa de IRC de 10% para 12,5%.

 

Hoje, o Governo cipriota terá acordado com os credores um projecto de lei que prevê taxas mais baixas para os pequenos depositantes segundo a agência noticiosa espanhola EFE.

Ver comentários
Mais lidas
Outras Notícias