Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

“Reforço na saúde é muito limitado: 150 a 200 milhões”

A maior parte do aumento de verbas para a Saúde vai servir para pagar dívidas, garante Miranda Sarmento. Por isso os recursos vão continuar a faltar e a suborçamentação ainda não tem um fim à vista.

Este conteúdo é exclusivo para Assinantes Assine já! Se já é assinante faça LOGIN
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...
Joaquim Miranda Sarmento desconfia da capacidade do Governo para implementar um novo modelo de gestão na Saúde e assegura que as contas, na ótica que interessa para o apuramento das metas políticas, não incluem um reforço de 900 milhões de euros só para a Saúde. Por isso, a escassez de recursos vai continuar.

O OE tem mais 900 milhões de euros à cabeça para a Saúde. O que lhe parece?...
Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais Conversa capital saúde orçamento do Estado para 2020 PSD Joaquim Miranda Sarmento
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias