Justiça Ministros de Sócrates sob escuta no caso das PPP rodoviárias

Ministros de Sócrates sob escuta no caso das PPP rodoviárias

Três ex-governantes socialistas estiveram sob escuta telefónica no caso das parcerias público-privadas: Mário Lino, António Mendonça e Paulo Campos, avança a Sábado. "Depois de sete anos de investigação, o processo entrou na fase decisiva e deverá fazer vários arguidos por crimes de gestão danosa e corrupção", acrescenta.
Ministros de Sócrates sob escuta no caso das PPP rodoviárias
Negócios 10 de maio de 2018 às 00:22

Mário Lino, António Mendonça e Paulo Campos estiveram sob escuta telefónica, no âmbito do processo que investiga Parcerias Público-Privadas Rodoviárias, avança a Sábado. E nas próximas semanas, acrescenta, este processo deverá constituir vários arguidos por crimes de gestão danosa e corrupção.

 

"Esta mega-operação do Ministério Público (MP) aos negócios milionários de 11 parcerias público-privadas, referentes à construção e concessão da exploração de auto-estradas de norte a sul de Portugal" dura há sete anos e está agora na recta final, sublinha a revista.

 

Leia mais aqui.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI