Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Supremo aceita 'habeas corpus' e liberta Paulo Guichard

Ex-administrador do BPP foi detido há uma semana para cumprir a pena de prisão de 4 anos e 8 meses.

Correio da Manhã 14 de Outubro de 2021 às 15:18
  • Partilhar artigo
  • 3
  • ...
Paulo Guichard, ex-braço direito de Rendeiro no Banco Privado Português (BPP) vai ser libertado após o Supremo Tribunal aceitar o pedido de 'habeas corpus' em que a defesa pedia libertação imediata do ex-administrador do BPP. 

Os juízes decidiram libertar o ex-administrador do BPP, que foi preso há precisamente uma semana no aeroporto do Porto para cumprir a pena de prisão de 4 anos e 8 meses no âmbito do processo BPP.

A defesa tinha pedido a libertação imediata de Guichard por considerar ilegal a prisão do ex-banqueiro.

Em causa está uma reclamação pendente no Tribunal Constitucional. O entendimento do juiz de primeira instância foi, no entanto, diferente. Foram emitidos mandados de detenção que levaram à prisão de Paulo Guichard quando este regressou a Portugal vindo do Brasil.
Ver comentários
Outras Notícias