Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Tribunal absolveu todos os arguidos do caso Bragaparques

O Tribunal Central de Lisboa absolveu esta segunda-feira o ex-presidente da Câmara de Lisboa Carmona Rodrigues e os ex-vereadores Fontão de Carvalho e Eduarda Napoleão, acusados de prevaricação de titular de cargo político, no âmbito do processo Bragaparques.

Mariline Alves
Lusa 27 de Outubro de 2014 às 11:14
  • Partilhar artigo
  • 23
  • ...

Em causa estaria o suposto favorecimento da Bragaparques em prejuízo do município.

 

Para o tribunal, os arguidos não agiram "em conjunto e em conluio" para "beneficiar o particular" (Bragaparques), acrescentando que, numas situações houve "clara de falta de prova" e outras "dúvidas", aplicando-se, neste caso o princípio de "na dúvida absolve-se".

 

O processo remonta a 2005, quando a Assembleia Municipal de Lisboa aprovou por maioria a permuta dos terrenos do Parque Mayer - então detidos pela empresa Bragaparques - com parte dos terrenos municipais da antiga Feira Popular, em Entrecampos. O negócio envolveu, ainda, a venda em hasta pública do lote restante da Feira Popular à Bragaparques, depois de a empresa ter exercido o direito de preferência, passando a deter a totalidade do espaço.

 

Os arquitectos José Azevedo e Rui Macedo, e Remédio Pires, dos serviços jurídicos do município, foram também absolvidos.

Ver comentários
Saber mais Bragaparques Carmona Rodrigues Eduarda Napoleão Fontão de Carvalho
Outras Notícias