Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Guterres não comenta nova candidata à ONU

O candidato a secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU) António Guterres não quis comentar a nova candidatura a este cargo de Kristalina Georgieva, durante uma homenagem à antiga presidente da Cruz Vermelha Portuguesa Maria Barroso.

Sábado
Lusa 28 de Setembro de 2016 às 13:57
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

Abordado pelos jornalistas a meio da cerimónia, que decorreu no Hospital da Cruz Vermelha, em Lisboa, o antigo primeiro-ministro e ex-Alto Comissário das Nações Unidas para os Refugiados fez sinal de que não tencionava falar nesta ocasião.

 

À saída, questionado directamente sobre a candidatura de Kristalina Georgieva, António Guterres respondeu, em inglês, que não iria fazer comentários: "No comments".

 

António Guterres, candidato apoiado por Portugal ao cargo de secretário-geral da ONU, venceu as primeiras cinco votações secretas para este cargo realizadas entre os membros do Conselho de Segurança desta organização.

 

Hoje, o primeiro-ministro da Bulgária, Boiko Borissov, anunciou que o Governo búlgaro mudou a sua candidata ao cargo de secretário-geral da ONU, substituindo Irina Bokova por Kristalina Georgieva.

 

Numa reacção a esta nova candidatura nesta fase do processo, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, disse ver "com serenidade" a entrada na corrida de Kristalina Georgieva e salientou que a altura e a forma como a candidatura de Guterres foi apresentada.

 

"Apresentámos a candidatura do engenheiro António Guterres no fim do mês de Fevereiro. Fizemo-lo a tempo, com toda a transparência e de forma a que António Guterres fosse sujeito a todas as provas e passos que o processo de selecção a secretário-geral das Nações Unidas hoje exige", afirmou Augusto Santos Silva à agência Lusa.

 

Maria de Jesus Barroso, fundadora do PS e mulher de Mário Soares, presidiu à Cruz Vermelha Portuguesa entre 1997 e 2003. Foi a única mulher presidente desta instituição.

 

Morreu a 7 de Julho de 2015, com 90 anos, no Hospital da Cruz Vermelha, onde foi homenageada esta quarta-feira, 28 de Setembro.

 

Esta cerimónia de homenagem contou com a participação do chefe de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa, e com a presença do antigo Presidente da República Mário Soares esteve presente nesta cerimónia.

Ver comentários
Saber mais António Guterres Kristalina Georgieva Comissário das Nações Unidas ONU Conselho de Segurança Bulgária Irina Bokova política
Outras Notícias