Mundo Marcelo confirma encontro com Trump no final de Junho

Marcelo confirma encontro com Trump no final de Junho

O Presidente da República vai encerrar o mês de Portugal nos EUA com uma visita à Casa Branca onde será recebido pelo actual presidente norte-americano.
Marcelo confirma encontro com Trump no final de Junho
António Araújo/Lusa
Lusa 13 de junho de 2018 às 18:25
O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, visita Washington a 26 e 27 de Junho para encerrar o Mês de Portugal nos Estados Unidos e para um encontro com o líder norte-americano, Donald Trump, foi anunciado esta quarta-feira.

O anúncio oficial da deslocação - a segunda este mês aos Estados Unidos - foi feita hoje pela Presidência da República, em nota publicada no site da Presidência.

Além de "reforçar os sólidos laços de amizade e cooperação que unem Portugal e os EUA, este Mês de Portugal e esta reunião" com Trump são uma "oportunidade para sublinhar o sucesso e a boa integração da comunidade portuguesa e lusodescendente nos EUA, abordar o futuro e aprofundamento das relações bilaterais entre os dois países e debater temas relevantes da agenda internacional", lê-se na nota.

Depois de "um encontro, a sós", na Casa Branca, entre Marcelo Rebelo de Sousa e Donald J. Trump, segue-se "uma reunião alargada" das delegações dos dois países que, no caso de Portugal, incluirá o ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva.

Esta é a segunda deslocação, este mês, de Marcelo aos Estados Unidos, depois de ter assinalado, com o primeiro-ministro, António Costa, o Dia de Portugal, dias 10 e 11 de Junho, junto dos emigrantes portugueses e lusodescendentes em Boston e New Bredford, Massachusetts, e Providence, Rhode Island.

No início do mês, numa conferência sobre as relações luso-americanas, em Lisboa, Marcelo Rebelo de Sousa qualificou a presença institucional portuguesa nos Estados Unidos da América em Junho como "um ato de diplomacia pública", salientando que, após as comemorações do Dia de Portugal, na costa leste, o primeiro-ministro faria um périplo por várias cidades norte-americanas, que está a acontecer estes dias.

O mês de Portugal nos Estados Unidos tem previstas, desde o início de Junho, mais de 130 acções em 60 cidades norte-americanas, incluindo a deslocação de Marcelo a Boston, enquanto o primeiro-ministro, António Costa, faz uma deslocação mais prolongada, até sábado, dia 16, que o levará também à Califórnia.

No dia em que chegou aos Estados Unidos, Marcelo Rebelo de Sousa anunciou que vai voltar também em Novembro próximo, numa deslocação em que incluirá a costa oeste norte-americana e zonas com grande presença de portugueses como Fall River, que não visitou na primeira deslocação.



A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
Anónimo Há 1 semana

Trump n é amigável qdo quer e demonstrou-o na recepçao a MERKEL.MAY,MACRON etc.Foi efusivo com COREIA NORTE em antítese.Norteia-se por princípios económicos,geoestra valores religiosos e ultra conservadores.Vamos ver como vai receber PR c governo proto-comunista e minúsculo q defende aborto,eutanas

eleitor Há 1 semana

Depois de ter afirmado que Portugal é maior, o Trampa não o vai receber com beijinhos e afetos !.....e muito menos com selfies !

Saber mais e Alertas
pub