Política Deputada do PSD diz que marcou 'sem querer' presença a José Silvano

Deputada do PSD diz que marcou 'sem querer' presença a José Silvano

Emília Cerqueira assumiu ter registado a presença do secretário-geral do PSD no parlamento. Mas disse tê-lo feito "inadvertidamente", já que o simples acesso à área de trabalho regista uma presença
Deputada do PSD diz que marcou 'sem querer' presença a José Silvano
Duarte Roriz/Correio da Manhã
Sábado 09 de novembro de 2018 às 16:48

A deputado do PSD, Emília Cerqueira, assumiu ter registado a presença do sceretário-geral do PSD, José Silvano, no Parlamento, quando este não estava, mas afirmou tê-lo feito "inadvertidamente". Em conferência de imprensa, a deputada declarou que o simples facto de ter acedido à área de trabalho de José Silvano no computador da Assembleia da República, mediante a introdução da password do secretário-geral do PSD, faz com que o sistema registe de imediato uma presença.

José Silvano, secretário-geral do PSD, marcou presença em sessão parlamentar na Assembleia da República, mesmo estando em campanha com Rui Rio, fora de Lisboa. A presença do deputado terá sido verificada por um outro membro da Assembleia. Parlamento está a investigar hipótese de deputados terem registado a presença pelo secretário-geral.

De acordo com o jornal Expresso, que publicou originalmente esta notícia, o secretário-geral social-democrata estaria com Rui Rio no distrito de Vila Real, em campanha, no dia 18 de Outubro. No entanto, alguém registou a presença do secretário-geral social-democrata logo no início da sessão plenária, que teve início poucos minutos depois das 15h, não tendo sido marcada falta, mesmo sendo a justificação que poderia ser apresentada considerada válida.

De lembrar que José Silvano garantiu que não pediu a ninguém que se registasse em seu nome no sistema de presenças da Assembleia da República e assegurou que quer ver esclarecido como é que alguém usou a sua palavra-passe. Mas, dois dias antes, em às declarações feitas à SÁBADO, assumia que não queria esclarecer de que forma alguém teria usado a sua password para entrar num dos computadores do plenário, registando assim a sua presença nos plenários dos dias 18 e 24 de Outubro.




pub