Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Embaixadora síria acreditada em Portugal declarada "persona non grata"

O Governo português declarou "persona non grata" a embaixadora da Síria acreditada em Portugal, Lamia Chakkour, disse hoje à agência Lusa o porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros.

Lusa 31 de Maio de 2012 às 10:49
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...
"A decisão é tomada em função dos acontecimentos dos últimos dias, nomeadamente do massacre de Houla, no fim-de-semana passado, que Portugal condenou. A mesma decisão é tomada também devido à falta de respeito do plano do Koffi Anan, assim como pelo aumento da violência sobre civis inocentes", disse Miguel Guedes à agência Lusa.

Lamia Chakkour, que é a embaixadora da Síria em Paris e também está acreditada junto das autoridades portuguesas e junto da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO), foi expulsa na terça-feira pelo Governo francês.

A decisão foi anunciada pelo próprio Presidente francês, François Hollande, afirmando que a expulsão era uma resposta ao massacre de Houla, na semana passada, de pelo menos 108 pessoas, incluindo mais de três dezenas de crianças.

No mesmo dia, a maioria dos países europeus e outros como a Austrália, o Canadá, os Estados Unidos ou o Japão expulsaram os diplomatas sírios, aumentando a pressão sobre o regime do Presidente Bashar al-Assad.

A maioria das 108 vítimas do massacre de Houla (centro da Síria) foi executada, de acordo com os primeiros resultados de um inquérito da ONU. Damasco nega responsabilidades.

Ver comentários
Outras Notícias