Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Consultas presenciais caíram para metade até fevereiro

Nos primeiros dois meses do ano houve menos um milhão de consultas presenciais nos cuidados de saúde primários do que no mesmo período de 2020. Nas cirurgias, a quebra foi de 30% no global e de 15% nas urgentes. Ao contrário dos hospitais, os centros de saúde quase não melhoraram resposta presencial no segundo confinamento face ao primeiro.

A atividade dos centros de saúde foi quase tão afetada no segundo confinamento quanto no primeiro.
A atividade dos centros de saúde foi quase tão afetada no segundo confinamento quanto no primeiro. Miguel Pereira da Silva/Lusa
Manuel Esteves mesteves@negocios.pt 08 de Abril de 2021 às 11:15
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

As consultas presenciais nos centros de saúde e unidades de saúde familiar caíram para metade nos primeiros dois meses deste ano. De acordo com os dados recolhidos pela MOAI – consultora especializada no setor da saúde – a partir do Portal da Transparência do SNS, realizaram-se neste período 1,92 milhões de consultas médicas presenciais, o que representa uma quebra de 47% face a igual período do ano anterior, ainda anterior

...

Negócios Premium
Conteúdo exclusivo para assinantes
Já é assinante? Inicie a sessão
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone
  • Conteúdos exclusivos com melhor da informação económica nacional e internacional;
  • Acesso sem limites, até três dispositivos diferentes, a todos os conteúdos do site e app Negócios, sem publicidade intrusiva;
  • Newsletters exclusivas;
  • Versão ePaper, do jornal no dia anterior;
  • Acesso privilegiado a eventos do Negócios;
Ver comentários
Saber mais SNS serviço nacional de saúde consultas presenciais hospitais pandemia centros de saúde confinamento
Mais notícias Negócios Premium
+ Negócios Premium
Capa do Jornal
Informação de qualidade tem valor. Invista. Assine já 1mês / 1€
Mais lidas
Outras Notícias