Segurança Social Segurança Social avisa 3.300 empresas sobre erros na declaração de salários

Segurança Social avisa 3.300 empresas sobre erros na declaração de salários

O Diário de Notícias noticia que a Segurança Social já notificou mais de 3.000 empresas e deixará de aceitar declarações mensais de remunerações com erros relacionados com os salários pagos aos trabalhadores ou às contribuições sociais.
Segurança Social avisa 3.300 empresas sobre erros na declaração de salários
Paulo Duarte/Negócios
Negócios 29 de agosto de 2016 às 09:42

Além de deixar de aceitar essas declarações, a Segurança Social já avisou 3.300 empresas que apresentavam divergências. As novas regras entram em vigor quinta-feira.

Segundo o DN, entre 1 e 10 de Setembro, os servidores da Segurança Social farão uma "limpeza" de erros neste processo, que permitirá aproximar a entrega destas declarações da entrega do IRS. Isto é, sempre que o sistema detectar uma divergência, impede o contribuinte de submeter a declaração.

Cláudia Joaquim, secretário de Estado da Segurança Social explica ao DN que todos os meses "entravam no sistema milhares de divergências associadas à taxa contributiva e à remuneração dos trabalhadores". As 3.300 empresas notificadas apresentavam erros na Taxa Social Única (TSU) aplicada, assim como um somatório de remunerações diferente do total reportado em Julho e Agosto. 

Esta iniciativa faz parte do plano de combate à fraude do Governo, que espera arrecadar mais 50 milhões de euros em receita, com estas iniciativas. 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI