Banca & Finanças BPI também aposta numa carrinha móvel. Ao contrário da CGD, vai aceitar depósitos

BPI também aposta numa carrinha móvel. Ao contrário da CGD, vai aceitar depósitos

O BPI terá uma carrinha pelo Alentejo para a prestação de serviços bancários junto de clientes. Só que poderá realizar operações em numerário, o que, por questões de segurança, a Caixa Geral de Depósitos, não pode.
BPI também aposta numa carrinha móvel. Ao contrário da CGD, vai aceitar depósitos
DR
Diogo Cavaleiro 19 de julho de 2018 às 15:53

O BPI decidiu seguir a Caixa Geral de Depósitos e vai apostar numa carrinha móvel. Vai ter uma rota fixa e apenas no Alentejo, mas, ao contrário do que ocorre com o balcão do banco público, vai disponibilizar operações de depósitos.

 

"O Balcão Móvel BPI vai prestar um serviço equivalente a um balcão tradicional com o acompanhamento especializado de um gestor de clientes", assinala o banco presidido por Pablo Forero em comunicado às redacções.

 

Segundo explica o banco na nota, o serviço vai "permitir operações com numerário, como depósitos em dinheiro e cheque, troca de notas por moedas além de permitir efectuar pagamentos, transferências, obter informações sobre produtos e serviços, simular e contratar operações de crédito e subscrever produtos de poupança/investimento".

 

Esta é uma diferença face à solução criada pela CGD no ano passado. Aliás, o próprio BPI referiu que este "balcão sobre rodas" é o "único no mercado que disponibiliza depósitos em numerário e cheque".

 

O banco público diz, no relatório e contas do ano passado, que a sua agência móvel disponibiliza "todas as acções possíveis de uma agência bancária, com excepção das operações que representem movimentação de valores (por motivos de segurança)".

O Negócios aguarda explicações do banco detido pelo CaixaBank e do Banco de Portugal em relação às garantias de segurança desta solução do BPI. 

 

A solução da Caixa circula neste momento por dois distritos (Castelo Branco e Guarda), pretendendo estender o serviço, que tem um ano, a Portalegre. Já a carrinha do BPI "vai ter uma rota fixa, no Alentejo". A operação arranca em Agosto, em Santiago do Cacém (Ermidas do Sado -3ª feira-, Vila Nova de Santo André -4ª e 6ª feira- e Cercal do Alentejo -5ª feira).

O anúncio foi feito ao mesmo tempo que o BPI assumiu que vai ser o próximo patrocinador oficial da selecção portuguesa de futebol, como o CaixaBank o é da selecção espanhola. 

 

 

 




pub

Marketing Automation certified by E-GOI