Banca & Finanças "Governo de Sócrates prejudicou CGD e criou distorções de mercado", diz João Almeida
Conteúdo exclusivo para Assinantes Se já é assinante, faça LOGIN

"Governo de Sócrates prejudicou CGD e criou distorções de mercado", diz João Almeida

Os créditos mais ruinosos da Caixa Geral de Depósitos (CGD) foram concedidos durante a governação do então primeiro-ministro José Sócrates. Um executivo cujas práticas prejudicaram o banco estatal e causaram distorções de mercado relevantes. Esta é a posição de João Almeida, deputado do CDS-PP, relator da segunda comissão parlamentar de inquérito à gestão da Caixa.
"Governo de Sócrates prejudicou CGD e criou distorções de mercado", diz João Almeida
Miguel Baltazar/Negócios
Rita Atalaia 16 de julho de 2019 às 22:15

O relatório preliminar da comissão parlamentar de inquérito à CGD faz referência à "vontade política" em alguns dos créditos concedidos pela CGD, numa altura em que o governo era liderado )

Conteúdo exclusivo para Assinantes Negócios Premium
Assine e aceda sem limites, no pc e no smartphone Assinar por 1€ por 1 mês



Notícias só para Assinantes
Análise, informação independente e rigorosa..
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia.
Notícias e conteúdos exclusivos no website e aplicações móveis
Newsletter diária exclusiva para assinantes
Acesso ao epaper a partir das 23:00
Saiba mais
Saber mais e Alertas
pub

Marketing Automation certified by E-GOI