Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Lucros do BiG aumentam para 61,9 milhões até Setembro

O Banco de Investimento Global aumentou os lucros em 47%, a beneficiar do aumento da actividade, num período em que foi penalizado pela provisão constituída para contribuir para o fundo de resolução.

Negócios 27 de Outubro de 2014 às 14:27
  • Partilhar artigo
  • 7
  • ...

O Banco de Investimento Global (BiG) registou um resultado líquido de 61,9 milhões de euros nos primeiros nove meses do ano, um aumento de 47% face ao período homólogo, com a instituição financeira a beneficiar com o aumento do produto bancário (+46% para 157 milhões de euros).

 

Este crescimento ficou a dever-se ao "resultado dos proveitos das actividades de investimento e crédito e da duplicação dos proveitos de comissões, que compensaram o ligeiro decréscimo da margem financeira (-8,8%)", refere o banco em comunicado.

 

Os resultados operacionais subiram 58,3% para 108,1 milhões de euros e os custos aumentaram 51,7% para 29,5 milhões de euros.

 

O banco realça que a provisão para impostos aumentou de 26,5 para 46,6 milhões de euros e que os resultados dos nove meses "reflectem ainda uma provisão, constituída a título prudencial, relativa à melhor estimativa sobre a montante da contribuição ao Fundo de Resolução que caberá ao Banco, na sequência da recente intervenção no BES". O BiG adianta que "não tinha exposição directa ou indirecta ao GES ou ao BES no momento do colapso do grupo".

 

O banco liderado por Carlos Rodrigues (na foto) viu os seus activos aumentarem 16% e os depósitos de clientes subirem 23%. O rácio de capital core Tier I estabilizou em 30,4%.

 

 

 

Ver comentários
Saber mais BiG Banco de Investimento Global Fundo de Resolução BES Carlos Rodrigues
Outras Notícias