Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Ricciardi: É "inaceitável" que presidente do banco receba comissão de cliente

O conselho de administração do BES só tomou conhecimento da oferta de 14 milhões a Salgado por parte de José Guilherme depois de noticiado, disse Ricciardi.

Miguel Baltazar/Negócios
Diogo Cavaleiro diogocavaleiro@negocios.pt 10 de Dezembro de 2014 às 01:19
  • Partilhar artigo
  • 12
  • ...

José Maria Ricciardi foi bastante crítico do facto de Ricardo Salgado ter recebido uma oferta de alegadamente 14 milhões de euros do empresário da construção civil José Guilherme.

 

"É um princípio inaceitável que o presidente de um banco receba uma comissão de um cliente do banco", atirou Ricciardi na audição iniciada a terça-feira (que já se prolonga pela madrugada de quarta-feira 10 de Dezembro) da comissão parlamentar de inquérito à gestão do BES e do GES.

 

José Guilherme ofereceu uma prenda a Salgado – que rejeita que tenha sido qualquer comissão – de 14 milhões de euros. "[Salgado] nunca informou o conselho [de administração do BES] que tinha recebido essa liberalidade", disse.

"A única coisa de que se tinha conhecimento foi a rectificação de impostos que, pelos vistos, derivava dessa liberalidade", continuou ainda o responsável, dizendo que só depois de notícias sobre a oferta se teve noção da oferta. 

 

Este foi um dos motivos que levou Ricciardi a propor uma alteração do modelo de organização da gestão do BES no final de 2013 que, contudo, não foi aceite pelos accionistas do banco. 

Ver comentários
Saber mais José Maria Ricciardi Ricardo Salgado BES
Outras Notícias