Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Auchan "refuta totalmente" práticas imputadas pela Concorrência e vai recorrer

A Autoridade da Concorrência multou em mais de 130 milhões de euros os supermercados Auchan, E. Leclerc, Modelo Continente e Pingo Doce e o fornecedor comum Unilever, por um esquema de fixação de preços de venda ao consumidor.

A Auchan prevê investir mais 30 milhões até 2025 na experiência de compra virtual.
João Cortesão
Lusa 08 de Junho de 2022 às 23:47
  • Partilhar artigo
  • ...
A cadeia de supermercados Auchan disse hoje que "refuta totalmente" as práticas imputadas pela Autoridade da Concorrência (AdC), que hoje multou várias empresas por fixação de preços, e garantiu que irá "recorrer".

Numa declaração enviada à Lusa, fonte oficial da Auchan disse que "refuta totalmente as práticas que lhe são imputadas pela Autoridade da Concorrência na Decisão Final no âmbito do processo contraordenacional e irá recorrer judicialmente da decisão adotada, exercendo naturalmente os direitos previstos na Lei da Concorrência".

"A Auchan reitera que são assegurados internamente todos os processos de formação e controlo dos seus colaboradores a fim de evitar qualquer tipo de comportamentos que possam resultar na violação das regras de concorrência", indicou a mesma fonte.

A Autoridade da Concorrência multou em mais de 130 milhões de euros os supermercados Auchan, E. Leclerc, Modelo Continente e Pingo Doce e o fornecedor comum Unilever, por um esquema de fixação de preços de venda ao consumidor.

Num comunicado divulgado hoje, a AdC anuncia que sancionou quatro cadeias de supermercados - Auchan, E. Leclerc, Modelo Continente (grupo Sonae) e Pingo Doce (grupo Jerónimo Martins) -, assim como o fornecedor comum de produtos alimentares, cuidado da casa e cuidado pessoal Unilever, estando em causa a participação "num esquema de fixação de preços de venda ao consumidor (PVP) dos produtos daquele fornecedor".

"A investigação permitiu concluir que, mediante contactos estabelecidos através do fornecedor comum, sem necessidade de comunicarem diretamente entre si, as empresas de distribuição participantes asseguram o alinhamento dos preços de retalho nos seus supermercados, numa conspiração equivalente a um cartel, conhecido na terminologia do direito da concorrência como 'hub-and-spoke'", detalha a AdC, na nota.

A decisão culmina com uma coima total de 132 milhões de euros.
Ver comentários
Saber mais Auchan Concorrência Autoridade da Concorrência na Decisão Final AdC Modelo Continente e Pingo Doce Leclerc Unilever
Outras Notícias