Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Tribunal da Relação condena João Vieira Pinto a um ano e meio de prisão por fraude fiscal

A pena de prisão fica suspensa por um período de quatro anos, sob a condição de João Vieira Pinto pagar ao Estado uma indemnização de mais de 600 mil euros, acrescidos de juros de mora desde 2001.

Lusa 18 de Julho de 2013 às 18:00
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...

 

A Relação de Lisboa condenou hoje ex-futebolista João Vieira Pinto a um ano e meio de prisão por fraude fiscal qualificada e absolveu os restantes arguidos no processo relacionado com a transferência do jogador para o Sporting, em 2000.

 

Segundo o Tribunal da Relação de Lisboa, a pena de prisão fica suspensa por um período de quatro anos, sob a condição de João Vieira Pinto pagar ao Estado uma indemnização de mais de 600 mil euros, acrescidos de juros de mora desde 2001.

 

Caso contrário, o actual dirigente da Federação Portuguesa de Futebol será preso.

 

Luís Duque e Rui Meireles, na altura responsáveis na Sporting, SAD, e José Veiga, envolvido na transferência do futebolista do Benfica para o Sporting, foram absolvidos do crime de fraude fiscal.

 

José Veiga foi também absolvido do crime de branqueamento de capitais.

 

Ver comentários
Outras Notícias