Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

'Lay-off' de 95% no Sporting reduz custos em 40%

O emblema lisboeta informa que estas deliberações "entram em vigor no dia 16 de abril, por um período de 30 dias, o qual poderá ser prorrogado nos termos do citado regime legal".

Lusa 16 de Abril de 2020 às 00:21
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...
O Sporting oficializou nesta quarta-feira o avanço para o 'lay-off' que abrange 95% do universo 'leonino', esperando reduzir os custos com o pessoal em 40% durante a pandemia covid-19.

"Foram adotadas medidas de suspensão temporária da prestação de trabalho e de redução do período normal de trabalho, bem como medidas de redução dos contratos com prestadores de serviços, abrangendo cerca de 95% do universo dos trabalhadores dependentes e independentes", explicam os 'leões' em comunicado.

Numa nota de oito pontos enviada à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), o emblema lisboeta informa que estas deliberações "entram em vigor no dia 16 de abril, por um período de 30 dias, o qual poderá ser prorrogado nos termos do citado regime legal".

O Sporting recorda que a pandemia da covid-19 teve "grave afetação da atividade da Sporting SAD e um incontornável impacto financeiro" e sublinha o facto de a atual conjuntura se revestir de "incerteza, não só relativamente ao término da época desportiva em curso, mas igualmente no que diz respeito ao início da época 2020/21".

É referido ainda o impacto que esta crise irá ter no mercado de transferências, com o Sporting a sublinhar que este costuma ser "uma importante fonte de receita para qualquer clube".

"Para melhor defesa da manutenção dos postos de trabalho do seu quadro de pessoal, o Sporting vai recorrer ao programa de apoio constante do Decreto-Lei n.º 10-G/2020 de 26 de março, que prevê a adoção de medidas excecionais e temporárias para assegurar a proteção e manutenção dos postos de trabalho", refere a instituição.

O Sporting lembra que as medidas adotadas de redução dos custos fixos se juntam ao corte, para metade, dos membros do conselho de administração, bem como uma diminuição em 40% dos salários dos futebolistas e equipa técnica.

"A Sporting SAD estima, com base na informação disponível à data de hoje, que a implementação de tais medidas excecionais e temporárias tenha como impacto uma redução da rúbrica de custos com pessoal correspondente a cerca de 40%, durante o período aplicável", resume.

Ainda não são conhecidas eventuais medidas em relação às modalidades.

A nível global, a pandemia de covid-19 já provocou quase 127 mil mortos e infetou mais de dois milhões de pessoas em 193 países e territórios. Mais de 428 mil doentes foram considerados curados.

Portugal regista 599 mortos associados à covid-19 em 18.091 casos confirmados de infeção, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a pandemia.
Ver comentários
Saber mais Lay-off Sporting SAD desporto futebol
Mais lidas
Outras Notícias