Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Berkshire já tem sucessor para Warren Buffett

A Berkshire Hathaway já tem um sucessor para o mítico investidor que adquiriu o controlo da "holding" há 47 anos e que se tornou o terceiro homem mais rico do mundo através dos seus investimentos.

Hugo Paula hugopaula@negocios.pt 27 de Fevereiro de 2012 às 08:31
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...
Warren Buffett voltou a abordar o assunto da sua sucessão na carta anual aos investidores. No último sábado, dia 25 de Fevereiro, anunciou que o conselho de administração da Berkshire já escolhera um sucessor para si e que os seus administradores estão “entusiasmados” com ele.

Sem referir o seu nome, Buffett disse que o próximo presidente executivo da Berkshire é alguém a que o seu conselho de administração teve “uma grande exposição”. A Bloomberg diz que entre os potenciais sucessores está o presidente executivo da Geico, unidade seguradora do grupo, Tony Nicely, bem como o seu responsável pela área de resseguros, Ajit Jain. Outro possível sucessor é Bill Gates.

“A cultura da Geico e a cultura da Berkshire são praticamente a mesma”, disse o responsável de investimentos da Wedgewood Partners, David Rolfe, que considera Tony Nicely a escolha mais provável. “Na necessidade de escolher alguém quase da família está Bill Gates.”

O fundador da Microsoft é amigo e parceiro de “bridge” de Warren Buffett, a quem o milionário confiou a maior parte da sua fortuna em testamento, para que este a aplique nas iniciativas humanitárias da fundação Bill & Melinda Gates.

Com 81 anos de idade e 47 anos na liderança da Berkshire, Warren Buffett tem abordado o tema da sua sucessão no passado recente, respondendo às preocupações do mercados. Buffett acumula o cargo de CEO e presidente do conselho de administração com o de responsável de investimentos da "holding".

Na gestão da "holding" que é responsável por 270 mil postos de trabalho e que gere 77 mil milhões de dólares, tem como conselheiro Charlie Munger, vice-presidente do conselho de administração. No entanto, com 88 anos, o conselheiro de Buffett não constitui uma alternativa para a sua sucessão.

Na sua última carta aos investidores, Buffett agradece e elogia vários dos gestores das suas várias unidades de negócio e disse que a qualidade dos negócios e dos seus gestores dá “um bom começo” ao próximo CEO.

“Não interpretem, no entanto, por esta conversa que eu e o Charlie vamos a algum lado”, acrescentou Buffett. “Continuamos de excelente saúde e adoramos o que fazemos.”
Ver comentários
Saber mais Berkshire Hathaway Buffett Warren Geico
Outras Notícias