Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Cinco trabalhadores da France Télécom suicidaram-se nos últimos 15 dias

Os recentes suicídios elevam para 23 estas ocorrências em 2010.

Diogo Cavaleiro diogocavaleiro@negocios.pt 10 de Setembro de 2010 às 19:58
  • Assine já 1€/1 mês
  • 5
  • ...
São mais cinco trabalhadores da France Télécom que se terão suicidado nos últimos 15 dias, segundo informa um sindicato francês.

Eleva-se, assim, para 23 o número de empregados que puseram fim à sua vida desde o início de 2010, quando o ano passado se tinham suicidado 19 trabalhadores.

De acordo com o “Le Figaro”, a empresa francesa reconhece, através de um porta-voz, que houve vários suicídios “nas duas últimas semanas em diferentes regiões” do país, mas escusa-se a numerá-los, embora a direcção admita uma “grande tristeza” pela situação. Quatro trabalhavam directamente para a empresa, enquanto um era funcionário de uma filial detida a 100% pela firma.

Um outro porta-voz da companhia assegurou que os falecidos não se conheciam e “trabalhavam em postos distintos”, não sendo possível estabelecer “nenhuma relação” entre as mortes.

Esta situação já tinha levado à substituição do antigo CEO, Didier Lombard, por Stéphane Richard. No entanto, um porta-voz do sindicato CFE-CGC/Unsa defende que “existem novas medidas tomadas, mas o conjunto não é suficiente”. Daí argumentar que é necessário “reforçar as novas ferramentas de vigilância sobre o pessoal fragilizado”.

Em Julho, a France Télécom tinha admitido a responsabilidade pela morte de um funcionário, numa altura em que tinha lançado um pacote estratégico de cinco anos para impulsionar as receitas num ambiente mais competitivo e regulado.
Ver comentários
Outras Notícias