Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Corticeira Amorim reorganiza estrutura de negócio

A Corticeira Amorim reorganizou a sua estrutura de negócio com a criação de três novas áreas: a Amorim Natural Cork, a Amorim Cork Composites e a Amorim Cork Research. Esta alteração surge no âmbito da revisão estratégica do negócio do grupo para o períod

Ana Luísa Marques anamarques@negocios.pt 20 de Dezembro de 2007 às 19:10
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A Corticeira Amorim reorganizou a sua estrutura de negócio com a criação de três novas áreas: a Amorim Natural Cork, a Amorim Cork Composites e a Amorim Cork Research. Esta alteração surge no âmbito da revisão estratégica do negócio do grupo para o período 2008/2010.

Em 2008, o modelo de gestão do grupo Corticeira Amorim vai passar a ser organizado em "três patamares distintos de integração", revelou a empresa num comunicado, designado "Uma nova organização para novos desafios", onde anuncia a renovação do seu modelo organizativo para o período 2008/2010.

O primeiro patamar funciona ao nível da comissão executiva do grupo, o segundo agrupa as actividades "desenvolvidas de acordo com as respectivas áreas críticas de intervenção" e o terceiro agrupa os diversos negócios e produtos da empresa.

A principal alteração é a constituição de macro-áreas de "condução estratégica do negócio": a Amorim Natural Cork e a Amorim Cork Composites.

A Amorim Natural Cork vai ser responsável pela condução das matérias-prima cortiça e das rolhas, enquanto a Amorim Cork Composites irá conduzir "todas as aplicações técnicas dos aglomerados de cortiça em produtos e soluções".

O grupo anunciou ainda a criação da Amorim Cork Research, uma estrutura responsável pela "pesquisa de novas aplicações para a cortiça, de novas aplicações dos componentes da cortiça e de processos incrementais da qualidade da cortiça em termos do negócio.

"A actividade desta área será decisiva na concretização de três grandes metas globais: o desenvolvimento de produtos e/ou soluções inovadores, o registo de patentes associadas (novas técnicas, tecnologias ou processos) e o desenvolvimento da carteira de marcas globais", revelou a empresa.

Mais lidas
Outras Notícias