Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Credit Suisse deixa de ter participação na Media Capital

O Credit Suisse deixou de ter participação na Media Capital, após a venda de 1.760.999 acções do grupo de "media", representativas de 2,08% do capital social. Nos últimos dois dias, Merril Lynch, UBS e JPMorgan venderam parte, ou a totalidade, das suas pa

Ana Luísa Marques anamarques@negocios.pt 01 de Agosto de 2007 às 18:21
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

O Credit Suisse deixou de ter participação na Media Capital, após a venda de 1.760.999 acções do grupo de "media", representativas de 2,08% do capital social. Nos últimos dois dias, Merril Lynch, UBS e JPMorgan venderam parte, ou a totalidade, das suas participações na MediaCapital.

Em comunicado enviado à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Media Capital anuncia que o Credit Suisse Securities, do grupo Credit Suisse, deixou de ter participação qualificada na empresa, após a venda de 1.760.999 acções no passado dia 26 de Julho, no âmbito da oferta pública geral e obrigatória de aquisição de acções do grupo Media Capital por parte da Prisa. Estas acções são representativas de 2,08% do capital social da Media.

Ao actual valor das acções da Media Capital, esta alienação representa um encaixe de 15,7 milhões de euros.

Ontem, a Merril Lynch e a UBS anunciaram que venderam as suas posições no capital da Media Capital. O banco norte-americano deixou de ter qualquer título da empresa portuguesa, enquanto a casa suíça conserva 6 mil acções da Media Capital, ou seja, 0,01% do capital. 

Um dia antes a JPMorgan alienou parte da sua carteira de acções da Media Capital. A casa de investimento deixou de ter participação qualificada na dona da TVI, mantendo 1,3% do capital da empresa, ou 956 mil acções.

As acções da Media Capital [mcp] terminaram a sessão de hoje a desvalorizar 7,84% para os 8,94 euros. 

Outras Notícias