Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Dívida da Metro Goldwyn Mayer pode obrigar ao fecho

O estúdio cinematográfico americano Metro Goldwyn Mayer corre o risco de fechar portas. Uma dívida de 2,9 mil milhões de euros põe em risco a continuidade da empresa.

Ana Catarina Gonçalves 14 de Julho de 2010 às 16:00
  • Partilhar artigo
  • ...
As vendas de dvd de filmes do famoso estúdio sofreram um corte, o que, juntamente com o actual clima de crise, faz com que este não seja capaz de resolver os seus próprios problemas financeiros.

Já por seis vezes, o estúdio pediu o adiamento do prazo para o pagamento de 393 milhões de euros desta dívida a um grupo de seis accionistas liderados por JPMorgan.
O último prazo concedido foi até 15 de Julho. Mas a probabilidade de em 2012 o estúdio já ter conseguido liquidar a sua dívida parece pouco provável.

Segundo o “Expansión”, a fusão com outros estúdio já tinha sido projectada, mas implicando a realização de cortes e ajustamentos na MGM, que ainda não conseguiu arranjar uma solução definitiva. Neste momento, procura apostar em produções que sejam rentáveis, mas a falta de capitais está a atrasar a rodagem dos mesmos.

A adaptação cinematográfica da obra de Tolkien “O Hobbit” e o “remake” do famoso “Robocop” são alguns dos projectos cuja chegada às salas de cinema vai sendo atrasada pela falta de fundos da MGM.
Ver comentários
Outras Notícias