Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Empreendedorismo nacional está a crescer mas enfrenta desafios

Actores do ecossistema nacional consideram que o ambiente português de empreendedorismo está a crescer mas que tem desafios pela frente. Reconhecem, contudo, que há uma mudança de mentalidade sobre o empreendedorismo.

O Congresso das Comunicações, organizado pela APDC, decorreu em Lisboa.
Pedro Elias/Negócios
Ana Laranjeiro alaranjeiro@negocios.pt 28 de Setembro de 2016 às 19:23
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

Numa escala de 1 a 10, em que fase está o ecossistema de empreendedorismo nacional? Esta foi uma das primeiras questões lançadas aos oradores do painel sobre empreendedorismo digital no congresso da APDC, que decorre em Lisboa. Para Pedro Rocha Vieira, Portugal está sensivelmente a meio da tabela. "Nos últimos anos desenvolvemo-nos muito rápido", afirmou.

 

Menos expansivo mostrou-se Alexandre Barbosa, líder da Faber Ventures, que apontou que Portugal está ainda abaixo do meio da tabela. Apesar de assinalar que este ano representa "um ponto de viragem" no ecossistema, admite que ainda há alguns passos que têm de ser dados.

 

Celso Martinho, CEO da Bright Pixel, partilha da visão que Portugal está abaixo do meio da tabela. Mas sublinha que "Portugal está a viver um momento mágico em várias formas". Recordou que, no passado, o país não estava preparado para os empreendedores.

 

"Portugal era avesso ao risco e também não gostávamos do sucesso. Mas o que é positivo é que vejo uma grande mudança cultural nas novas gerações. A mudança vai continuar. Há crescimento pela frente", disse Celso Martinho. Ainda assim, o caminho vai ser feito com alguma dor, isto porque há muitas oportunidades mas é preciso separar o que vai funcionar no mercado do que não vai funcionar.

 

Neste debate esteve também Andreia Campos, branch manager da Farfetch, que contou que esta empresa - que disponibiliza uma plataforma de venda de artigos de moda de luxo - "é um bom exemplo de como se pode ter raízes e o maior escritório em Portugal". A empresa liderada por José Neves tem escritórios em Guimarães e Porto e vai abrir em Lisboa. "Há muito potencial em Portugal", rematou.

Ver comentários
Saber mais APDC Pedro Rocha Vieira Alexandre Barbosa Celso Martinho Bright Pixel Faber Ventures
Outras Notícias