Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

General Motors chama às oficinas mais 2,4 milhões de veículos

O grupo norte-americano anunciou esta terça-feira, 20 de Maio, que vai recolher mais de 2,4 milhões de veículos. Os custos desta operação podem ascender a 400 milhões de euros.

A carregar o vídeo ...
GM Recalls New Round of 2.4 Million Cars
Negócios 20 de Maio de 2014 às 17:29
  • Partilhar artigo
  • ...

A General Motors (GM) anunciou esta terça-feira, 20 de Maio, que vai recolher mais 2,4 milhões de automóveis junto dos seus consumidores, segundo o comunicado divulgado na página do grupo.

 

Os principais problemas diagnosticados referem-se a um cabo na caixa de velocidades, que pode provocar falhas na colocação da mudança, e nos cintos de segurança, cujos cabos podem separar-se e aumentar os riscos para os passageiros da frente do automóvel, refere o comunicado da fabricante.

 

O processo envolve modelos das marcas Buick, Cadillac, Chevrolet, GMC, Pontiac e Satum fabricados entre 2004 e 2014.

 

A GM assegura que os processos de recolha não estão associados a quaisquer acidentes com os utilizadores dos veículos.

 

O grupo norte-americano prevê que os custos da operação se situem nos 400 milhões de dólares (292 milhões de euros). Este valor já inclui os custos associados à recolha de outros 2,7 milhões de automóveis anunciada na passada quinta-feira, 15 de Maio.

 

Somados, os dois processos de recolha totalizam 5,1 milhões de veículos. Este valor acumula com os dados da National Highway Traffic Safety Administration, divulgados a 15 de Maio e citados pela Bloomberg, que indicam que a GM já recolheu cerca de 11 milhões de viaturas só este ano. No global, só em 2014, a fabricante norte-americana já recolheu mais de 16 milhões de automóveis.

 

As falhas de segurança têm causado vários problemas à marca liderada por Mary Barra. Na sexta-feira, 16 de Maio, as autoridades norte-americanas anunciaram que a General Motors vai ter de pagar uma multa de 35 milhões de dólares (cerca de 26 milhões de euros), depois de o processo de investigação da justiça dos Estados Unidos ter concluído que a marca demorou dez anos até tomar medidas para recolher veículos.

 

As acções da General Motors seguem a desvalorizar 1,53% para 33,7265 dólares.

Ver comentários
Saber mais General Motors recolha de veículos segurança Mary Barra Estados Unidos
Outras Notícias