Empresas Patrão do calçado paga bem e é candidato do Bloco de Esquerda à Câmara da Feira

Patrão do calçado paga bem e é candidato do Bloco de Esquerda à Câmara da Feira

Luís Sá, sócio-gerente da fabricante de calçado ortopédico Bemicar, onde paga salários muito acima do mínimo nacional, é o candidato do Bloco de Esquerda à Câmara de Santa Maria da Feira nas próximas eleições autárquicas.
Patrão do calçado paga bem e é candidato do Bloco de Esquerda à Câmara da Feira
Produtora de calçado ortopédico Bemicar está instalada em Arrifana, Santa Maria da Feira, e exporta quase toda a sua produção.
Rui Neves 22 de abril de 2017 às 18:19

Chama-se Bemicar e não é o nome de um "stand" nem de uma fábrica de componentes para automóveis. É o acrónimo dos irmãos Anabela, Miguel e Carla, donos desta empresa de calçado e filhos do pai António e da mãe Maria do Carmo.

 

A Bemicar era uma empresa quase de vão de escada quando, no ano 2000, a conselho de um amigo holandês de Luís Miguel Sá (o irmão do meio do nome da empresa), se especializou no fabrico de calçado ortopédico.

 

Desde então que esta empresa de Arrifana, Santa Maria da Feira, se converteu num caso de sucesso, exportando quase toda a produção, sendo conhecida por pagar salários que superam largamente o Salário Mínimo Nacional.

 

Foi precisamente por pagar muito acima da média do sector, sendo liderado por um dirigente regional do Bloco de Esquerda (BE), que a empresa recebeu a visita, há meia dúzia de anos, do então líder do BE Francisco Louçã.

 

Já nessa altura, os 23 trabalhadores da empresa à época ganhavam entre os 700 e os 800 euros mensais, quando o salário mínimo rondava os 475 euros, que era (e ainda é) a "regra" na indústria do calçado.

 

"Procuramos manter os nossos trabalhadores motivados e com confiança, dar-lhes tranquilidade nesta época de crise. Mostramos-lhes que felizmente não faltam as encomendas e pretendemos aumentar a produção", afirmou Luís Sá, em Junho de 2011.

 

Passados quatro anos, em Setembro de 2015, a actual líder do BE, Catarina Martins, visitou também a Bemicar, que em Janeiro desse ano tinha aumentado em 6% os salários dos seus trabalhadores, que eram já quase 40, para compensar o efeito da sobretaxa do IRS no bolso dos funcionários.

"É um exemplo do melhor que a nossa economia produz – um produto especializado de grande qualidade e feito por trabalhadores que são respeitados. Aqui sabem bem que não se pode ter um trabalho de qualidade à custa dos salários dos trabalhadores", elogiou a líder bloquista.

 

Estilista e sócio-gerente da Bemicar, Luís Sá é o candidato do BE à Câmara de Santa Maria da Feira nas eleições autárquicas de 1 de Outubro, anunciou este sábado, 22 de Abril, a coordenação concelhia do partido.

 

Com 37 anos de idade, Luís Sá, que tem desempenhado funções na coordenação do BE ao nível concelhio e distrital, é apresentado pelo partido como particularmente interessado nos temas da "inovação, exportação, criação de emprego e promoção de empregos estáveis e com direitos".

 

Luís Sá destacou-se, a nível desportivo, como atleta do Clube de Atletismo de Ovar, com o qual conquistou vários títulos distritais e o título de campeão nacional de 400 metros no ano 2000, que também ficou marcado pela entrada da Bemicar no ramo do caçado ortopédico.

 

 




pub