Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Receitas da Reuters caem no primeiro trimestre

A queda das receitas da Reuters, na sua principal área de negócio, abrandou para 1,4% no primeiro trimestre, uma vez que os bancos dos EUA expandiram a sua força de trabalho e compraram mais terminais à agência de notícias.

Negócios negocios@negocios.pt 20 de Abril de 2005 às 10:31
  • Assine já 1€/1 mês
  • ...

A queda das receitas da Reuters, na sua principal área de negócio, abrandou para 1,4% no primeiro trimestre, uma vez que os bancos dos EUA expandiram a sua força de trabalho e compraram mais terminais à agência de notícias.

As vendas na unidade que providencia informação para os bancos caiu para 530 milhões de libras (778,2 milhões de euros), disse a Reuters em comunicado, acrescentando que o declínio tinha sido de 8,4% no período homólogo.

Segundo a mesma fonte, a queda das vendas foi a mais lenta dos últimos três anos. O número de trabalhadores no mercado financeiro aumentou 3,3% em Março. O presidente executivo da agência de informação, Tom Glocer, tem estado a reduzir custos e a concentrar-se na sua informação e nas suas novas unidades.

A empresa disse que alcançou três meses consecutivos de vendas positivas pela primeira vez desde o primeiro trimestre de 2001.

Glocer disse que não seria «irracional» assumir que as vendas vão aumentar em 2005, mas não deu, no entanto, estimativas específicas para o segundo trimestre. Os analistas consultados pela Bloomberg prevêem que as receitas fiquem inalteradas durante este ano, apontando para um crescimento a partir do terceiro trimestre.

Ver comentários
Outras Notícias