Energia Bilionários Buffett e Adelson disputam luzes de Las Vegas

Bilionários Buffett e Adelson disputam luzes de Las Vegas

Sheldon Adelson está a apoiar uma iniciativa que quer que os residentes no Nevada possam escolher o seu fornecedor de electricidade a partir de 2023. A NV Energy, da Berkshire – que pertence a Warren Buffett – tem actualmente o monopólio deste mercado. A disputa por esta questão já movimentou quase 100 milhões de dólares.
Bloomberg 04 de novembro de 2018 às 13:00

Numa batalha de bilionários, Sheldon Adelson e Warren Buffett estão a disputar o controlo da electricidade que mantém acesas as luzes de Las Vegas e do restante do estado do Nevada.

 

Adelson, grande doador republicano e fundador da Las Vegas Sands, apoia uma iniciativa que permite que os clientes escolham o seu próprio fornecedor de electricidade a partir de 2023. Isto representa um risco para a NV Energy, empresa de energia pertencente à Berkshire Hathaway, de Buffett, que hoje detém praticamente um monopólio no estado. O custo total da disputa até o momento ascende a quase 100 milhões de dólares.

 

A iniciativa ganhou 72% dos votos em 2016, mas precisa de ganhar uma segunda votação consecutiva para se tornar lei. Numa sondagem de Setembro, a iniciativa perdeu por 19 pontos percentuais, mas havia 16,4% de indecisos. Ao mesmo tempo, o sector de energias renováveis em geral não adoptou uma posição clara, citando a falta de detalhes sobre como isto pode acontecer.

 

"No nível mais alto, há dois bilionários a lutar", disse David Damore, professor de ciência política da Universidade de Nevada, em Las Vegas. "É uma questão muito complicada, que provavelmente não deveria ser decidida nas urnas, considerando a incerteza que existe em torno dela."

 

A proposta, que pretende alterar a redacção na constituição estadual, levou a uma das batalhas políticas de maior custo financeiro no actual ciclo eleitoral dos EUA. O montante arrecadado ultrapassa os 91,6 milhões de dólares gastos na importante disputa pelo Senado dos EUA e os 40 milhões de dólares da batalha pelo uso de energia no Arizona, estado vizinho, ao sul de Nevada.

 

As batalhas em ambos os estados ocorrem num momento em que o sector da energia dos EUA enfrenta uma transformação histórica. As energias solar e eólica baratas, juntamente com um melhor armazenamento de bateria, estão a estimular os proprietários de casas e empresas a tornarem-se independentes, o que reduz o poder das empresas de serviços públicos que antigamente possuíam e distribuíam toda a electricidade nas suas regiões.

 

Um relatório de Abril dos órgãos reguladores estaduais concluiu que a NV Energy provavelmente seria forçada a vender as suas centrais de energia e a conceder os seus contratos de compra de energia a novos proprietários se a possibilidade de escolher o fornecedor for aprovada. Isto poderá sobrecarregar os contribuintes do Nevada com custos de vários milhares de milhões de dólares para pagar os chamados "activos encalhados", mas essas despesas diminuirão com o tempo, segundo o relatório.

 

A Coligação para Derrotar a Pergunta 3, apoiada pela NV Energy, afirma em anúncios na imprensa que a iniciativa é "arriscada" e "cara" e que vai travar os avanços para obter mais energia renovável. Os documentos oficiais mostram que a coligação arrecadou 62,3 milhões de dólares em dinheiro para continuar a sua luta, dos quais apenas 12.000 dólares não são provenientes da empresa.

 

A Berkshire não respondeu a um pedido de comentário.

 

Não é de surpreender que os proponentes da iniciativa estejam em desacordo. "Como vimos em todo o país, os monopólios de energia não estão a funcionar para os contribuintes", disse David Chase, da Nevadans for Affordable, Clean Energy Choices. "Acreditamos que um mercado competitivo reduzirá as contas de energia eléctrica, criará mais empregos e será melhor para a energia renovável."

 

Este grupo arrecadou quase 33 milhões de dólares em dinheiro, incluindo cerca de 21,9 milhões de dólares da Las Vegas Sands e 10,9 milhões de dólares da provedora de data centers Switch. A Las Vegas Sands e Adelson preferiram não fazer comentários.

 

(Texto original: Buffett Takes on Adelson in Billionaire Feud Over Vegas Lights)




pub

Marketing Automation certified by E-GOI