Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

EDP Renováveis sobe dividendo em 2020 para os 8 cêntimos

A empresa liderada por João Manso Neto pretende distribuir 14,7% dos lucros aos acionistas num total de 69,8 milhões de euros, o que corresponde a 8 cêntimos por ação.

Tiago Varzim tiagovarzim@negocios.pt 20 de Fevereiro de 2020 às 07:49
  • Assine já 1€/1 mês
  • 4
  • ...
O conselho de administração da EDP Renováveis vai propor à assembleia geral a distribuição de 69,8 milhões de euros aos acionistas em forma de dividendos, o que corresponderá a 8 cêntimos por ação, anunciou a empresa em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) esta quinta-feira, 20 de fevereiro. 

"O Conselho de Administração irá propor uma distribuição de dividendos na AG de €69,8 milhões (€0,08/ação)", informa a empresa liderada por João Manso Neto. Este valor é ilíquido. 

No mesmo comunicado, a EDP Renováveis revelou os resultados de 2019: aumentou os lucros em 52% de 313 milhões de euros em 2018 para 475 milhões de euros em 2019. 

O montante total distribuído em forma de dividendos sobe face aos 61,1 milhões de euros distribuídos em 2019, relativos aos resultados de 2018, mas a proporção (payout) face aos lucros desce. Isto é, o dividendo de 2019 correspondia a 19,5% dos lucros de 2018 ao passo que o dividendo de 2020 corresponde a 14,7% dos lucros de 2019.

O dividendo de 8 cêntimos da EDP Renováveis traduz uma rendibilidade (dividend yield) de 0,6% - inferior aos 0,8% registados no ano passado -, tendo em conta a última cotação da empresa, de 13 euros, referente ao fecho da sessão de quarta-feira, 19 de fevereiro.

O valor representa uma subida de 1 cêntimo face ao ano anterior (em que a empresa pagou 7 cêntimos por cada ação) e é o valor mais alto de sempre.

A data da distribuição dos dividendos deverá ser anunciada quando a proposta do conselho de administração foi aprovada na assembleia geral.
Ver comentários
Saber mais EDP Renováveis energia EDP joão manso neto dividendo
Mais lidas
Outras Notícias