Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Mistolin vai investir 5 milhões em centro logístico a construir no concelho de Vagos

O centro logístico ficará contíguo ao edifício da Mistolin, da Zona Industrial de Vagos, prevendo que possa estar a funcionar "em 2023 ou 2024".

DR
Lusa 24 de Novembro de 2022 às 20:49
  • Partilhar artigo
  • ...
A Mistolin anunciou esta quinta-feira que vai investir, no próximo ano, cerca de cinco milhões de euros na construção de um centro logístico, no concelho de Vagos, que irá servir todo o Grupo MSTN.

"Nas linhas estratégicas dos próximos anos, temos previsto fazer em Vagos um centro logístico. Trata-se de um projeto muito ambicioso", apontou o diretor geral Mistolin Company Portugal, Ricardo Santos.

O anúncio foi feito durante a inauguração da nova unidade industrial MPlastic, do Grupo MSTN, que nasceu junto às instalações da Mistolin, na Zona Industrial de Vagos, no distrito de Aveiro.

À margem da inauguração, que contou com a presença da ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, o diretor geral Mistolin Company Portugal explicou que o centro logístico para o Grupo MSTN "encontra-se em fase de projeto e licenciamento".

"O objetivo do centro logístico é agregarmos, ao máximo, toda a cadeia de valor dentro da Mistolin, para podermos alimentar todas as empresas do Grupo. Com isto conseguimos otimizar tudo aquilo que são fluxos e, do ponto de vista dos consumos energéticos, também reduzirmos a nossa pegada", evidenciou.

De acordo com Ricardo Santos, o centro logístico está pensado para ser completamente automatizado e ligado a todos os sistemas comerciais do Grupo MSTN.

"Pretendemos com isto ter uma operação muito mais eficiente na resposta às necessidades dos nossos clientes. O investimento está estimado em cerca de cinco milhões de euros e será, provavelmente, o maior investimento do grupo", alegou.

O centro logístico ficará contíguo ao edifício da Mistolin, da Zona Industrial de Vagos, prevendo que possa estar a funcionar "em 2023 ou 2024".

"Este é o nosso horizonte temporal, mas tudo depende dos processos de licenciamento e também das disponibilidades dos meios tecnológicos para podermos fazer o centro logístico", sustentou.

Ao final da tarde de hoje foi inaugurada a MPlastic, que dá "forma" a todas as ideias para embalagens destinadas especialmente aos ramos da detergência e alimentar.

"Representou um investimento que ultrapassou os três milhões de euros, quer na parte do edifício, mas também na parte do equipamento produtivo. A MPlastic encontra-se a laborar a 100% desde o verão", concluiu.

A Mistolin em Portugal tem cerca de 225 colaboradores, chegando aos 526 colaboradores se se considerarem todas as empresas do Grupo MSTN.
Ver comentários
Saber mais Mistolin Ricardo Santos Vagos Grupo MSTN Mistolin Company Portugal MPlastic
Outras Notícias