Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Rodi aumenta salários dos 380 trabalhadores em 50 euros com o mínimo a subir para 800

A produtora aveirense de acessórios para veículos de duas rodas e lava-louças, que em julho já tinha distribuído um prémio de meio milhão de euros pelo efetivo, aumentou os vencimentos em setembro, com o mais baixo a posicionar-se 135 euros acima do salário mínimo nacional.

Rui Neves ruineves@negocios.pt 12 de Outubro de 2021 às 16:14
  • Partilhar artigo
  • 3
  • ...

Em Aveiro mora uma empresa que tem dois braços industriais - é líder europeia no fabrico de aros e rodas de bicicleta em alumínio e uma referência mundial na produção de lava-louças em aço inoxidável, tendo fechado 2020 com uma faturação de 33 milhões de euros, dos quais cerca de 80% foram gerados em "80 países nos cinco continentes".

 

Entretanto, "vinte meses após a revisão anterior", a Rodi voltou a premiar os seus colaboradores pelo bom desempenho da empresa, "com um aumento dos vencimentos que já se verificou no mês de setembro", avança a empresa, em comunicado.

 

Ao Negócios, fonte oficial da companhia aveirense adiantou que todos os trabalhadores viram os seus salários aumentar, "de acordo com o seu desempenho, 50 euros, pelo menos", com o salário mínimo a subir de 750 para 800 euros.

 

"Com este ajustamento, a empresa posiciona-se agora 135 euros acima do salário mínimo nacional", enfatiza a Rodi.

 

"Além da remuneração base e do subsídio de alimentação máximo permitido sem tributação, os colaboradores usufruem ainda de um seguro de saúde e de um prémio de produtividade anual indexado aos resultados da empresa", acrescenta.

 

Com base nesta política, "em julho deste ano, a administração da empresa já havia distribuído meio milhão de euros pelos seus colaboradores", realça a empresa liderada por Armando Levi.

 

"Mesmo com a turbulência provocada pela pandemia, a empresa tem apresentado resultados positivos e continua a crescer de forma sustentada. Isso só é possível com uma equipa empenhada e dedicada como a nossa. O mérito é de todos os nossos colaboradores, por isso merecem ser reconhecidos desta forma. O aumento dos vencimentos é também uma forma de motivar a equipa para o que queremos fazer no futuro", explica p CEO da Rodi.

 

Ver comentários
Saber mais rodi bicicletas aros rodas lava-louças salários armando levi
Outras Notícias