Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Sumol+Compal quer pôr madrilenos da Champions na "Rota das tapas"

Fabricante portuguesa de bebidas prepara fim-de-semana da final da Champions e Rock in Rio em Lisboa com "piquetes logísticos para urgências" e alerta para consumo no canal Horeca nas zonas históricas da capital.

Isabel Aveiro ia@negocios.pt 20 de Maio de 2014 às 10:00
  • Partilhar artigo
  • ...

"Um aumento substancial do consumo de bebidas, muito particularmente nas categorias de refrigerantes, águas e cervejas" é o que a direcção da Sumol+Compal está à espera na sequência da realização da final da Liga dos Campeões, que se realiza no próximo dia 24 de Maio, no Estádio da Luz, e que irá opor Real Madrid e Atlético de Madrid em campo. Sobretudo, se for "aliado ao bom tempo próprio desta altura do ano".

 

"A Sumol+Compal não tem nenhuma estimativa firme sobre o impacto" do evento desportivo nas vendas, afirma José Paulo Machado, da fabricante de bebidas. Mas o director de Pessoas, Comunicação e Sustentablidade da Sumol+Compal adianta ao Negócios: "estamos certos que um evento com a importância e a visibilidade mediática desta natureza atrairá um alargado número de visitantes estrangeiros", com consequente "incremento dos consumos por altura da realização da final da Champions League no Estádio da Luz, em Lisboa".

 

José Paulo Machado explica: "nesse fim-de-semana iremos ter piquetes logísticos para urgências, não especialmente por causa da Final da Champions League, mas para podermos assegurar o serviço de abastecimento" da "Rota das Tapas" da cerveja espanhola Damm "que irá animar a cidade, e, seguramente irá atrair muitos dos visitantes espanhóis que nos irão visita nessa altura", acredita.

 

A representação em Portugal da cerveja Damm – do grupo espanhol homónimo, que opera directamente em Portugal através da Font Salem, dona da antiga fábrica de cervejas de Sousa Cintra em Santarém, especializada no fornecimento de marcas próprias de cadeias de distribuição –, está licenciada à Sumol+Compal.

 

É assim desde que a fabricante portuguesa vendeu, em 2012, a marca Tagus ao grupo Damm. No negócio de venda da marca de cervejas Tagus no valor de 2,6 milhões de euros, a fabricante de sumos e néctares portuguesa obteve ainda como contrapartida a representação da sua antiga marca de cervejas e da espanhola Damm em território nacional.

 

O fim-de-semana de 24 e 25 de Maio – além de representar também o início do festival de música Rock in Rio – agrega ainda a inauguração do "novo espaço do Mercado da Ribeira", destaca também o representante da Sumol+Compal.

 

Zonas históricas com maior concentração

Questionado sobre as implicações do possível incremento de negócio em termos operacionais para a Sumol+Compal, à conta da final da Champions, o director de comunicação do grupo responde que o "muito provável aumento das vendas" na semana da final "não terá impacto relevante ao nível da produção e dos stocks" da companhia. Também "não existe nenhum plano específico que derive da realização da Final da Champions League em Lisboa" em termos de força de vendas, acrescenta.

 

"Mas", sublinha o mesmo responsável, "é óbvio que o mesmo não acontece ao nível dos (nossos) clientes, particularmente os do canal Horeca [de Hotéis, Restaurantes e Cafés], tanto nas zonas históricas da cidade – mais passíveis de terem uma grande concentração dos visitantes estrangeiros – como na proximidade do Estádio da Luz onde se realiza a final". "Esses clientes irão certamente reforçar os seus stocks de bebidas para fazer face a um pico de procura", acredita José Paulo Machado.

 

A Sumol+Compal assegura todavia não antecipar "qualquer tipo de dificuldades em assegurar, como habitualmente, um nível de serviço a 100%" do ponto de vista logístico – também porque quer nas zonas históricas da capital portuguesa, quer nas áreas próximas do Estádio da Luz, tem "capacidade de efectuar entregas diárias".

 

Mas salienta que, no contexto dos próximos dias 23 a 26 de Maio, haverá da parte da estrutura de vendas da S+C "a habitual sensibilização junto dos clientes Horeca no sentido de reforçarem os stocks nas encomendas a serem realizadas na próxima semana para que seja assegurada a disponibilização" dos produtos da fabricante "nos dias subsequentes e principalmente nos dias onde se prevê maior afluxo e circulação de pessoas nas ruas da cidade de Lisboa". "Esta dinâmica é obviamente reforçada nas zonas mais turísticas da cidade e nas áreas circundantes aos locais onde se realizarão os eventos", conclui José Paulo Machado, em resposta escrita ao Negócios.

 

Além dos refrigerantes Sumol, dos néctares Compal e das cervejas portuguesa Tagus e espanholas Damm e Estrella Damm, a S+C tem no seu portefólio a representação de bebidas como a 7Up, Pepsi, Lipton Ice Tea e Guaraná Antárctica. A companhia portuguesa é igualmente dona das águas Serra da Estrela (água de nascente) e Frize (água mineral com gás).

Ver comentários
Saber mais Sumol+Compal Champions League Damm Font Salem
Outras Notícias