Media Fundadora do Huffington Post troca site por start-up

Fundadora do Huffington Post troca site por start-up

Arianna Huffington anunciou que vai renunciar aos cargos de presidente e editora executiva do Huffington Post, site que fundou há 11 anos. A empresária vai dedicar a sua atenção ao lançamento de uma nova start-up para as áreas de saúde e bem-estar.
Fundadora do Huffington Post troca site por start-up
Bloomberg
Sara Ribeiro 11 de agosto de 2016 às 19:55
"Pensei que o Huffington Post seria o meu último projecto. Mas decidi renunciar como editora executiva do Huffington Post para lançar a minha nova empresa, Thrive Global". Esta foi a mensagem que Arianna Huffington, co-fundadora do site norte-americano noticioso deixou na sua conta do Twitter, depois do Wall Street Journal ter avançado a saída da jornalista do meio.

Em entrevista ao jornal, Arianna Huffington explicou que ia abandonar o projecto que criou há 11 anos para se focar no lançamento de uma start-up ligada às áreas de saúde e bem-estar.

A jornalista, de 66 anos, tinha renovado em Junho o contrato para presidente e editora executivo do Huffington Post até 2019. Mas o acordo permitia que lançasse a Thrive Global, ao mesmo tempo que assegurava o site, contou ao Wall Street Journal.

"Eu pensava que conseguiria conciliar as duas coisas, mas à medida que começámos a crescer, percebi que [a start-up] iria precisar da minha atenção total", explicou na entrevista ao jornal norte-americano. "É importante saber reconhecer quando é que uma porta está a fechar e outra a abrir, e penso que esse momento chegou", acrescentou a empresária.

Arianna Huffington, autora de vários livros de saúde e bem-estar, não detalhou a data da sua saída do site, comentando apenas que será nas próximas semanas.

O novo projecto, Thrive Global, vai nascer antes do final do ano e pode vir a contar com o apoio da AOL, dona do Huffington Post desde 2011. Segundo o CEO da AOL, Tim Armstrong, a "Arianna é uma visionária que construiu o Huffington Post, uma plataforma de notícias verdadeiramente transformadora". Por isso, segundo a imprensa internacional, poderá vir a estabelecer uma parceria com a start-up no futuro.

De acordo com o comunicado publicado pela empresária no Twitter, a Thrive Global vai desenvolver seminários, sessões de "coaching " e outros métodos para ajudar as pessoas a diminuir o stress e a exaustão.

A jornalista, nascida na Grécia, começou a dar cartas no mundo dos media em 1990 como comentadora política. Em 2005 juntou-se a Kenneth Lerer e Jonah Peretti para lançar o Huffington Post, que hoje está presente em 14 países com versões adaptadas para cada mercado.



pub

Marketing Automation certified by E-GOI