Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Start-up portuguesa Definedcrowd está a contratar em Lisboa e no Porto

A Definedcrowd anunciou que quer duplicar a sua equipa até ao final do ano. Vai contratar 70 pessoas, sendo que a maioria será para os escritórios de Lisboa e Porto.

Kayako Sareen
Negócios jng@negocios.pt 26 de Fevereiro de 2019 às 10:46
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

A start-up portuguesa de dados para Inteligência Artificial, a Definedcrowd, diz ter ultrapassado os 80 colaboradores a nível mundial e que vai "contratar mais 70 profissionais durante este ano." O anúncio foi feito no Mobile World Congress em Barcelona, esta terça-feira, 26 de fevereiro. 

"A Definedcrowd encontra-se a recrutar para os departamentos de desenvolvimento, produto, marketing e operações, com vagas para software developers (frontend, backend e full stack), QA automation engineers, e machine learning engineers. Estas posições estão disponíveis maioritariamente nos escritórios de Lisboa e Porto, e irão ser peça chave na expansão do produto da empresa, uma plataforma que permite aos cientistas de dados recolher, estruturar e enriquecer dados de treino de alta qualidade para aplicações de IA", explica a empresa em comunicado.

"Temos um objetivo bastante ambicioso, queremos ser a empresa número um de dados para IA no mundo. Este ano vai ser crucial para atingirmos este objetivo", salienta a fundadora e CEO da empresa,  Daniela Braga (na foto), citada em comunicado.

Os interessados nas vagas disponíveis poderão candidatar-se através do site da empresa.

Ver comentários
Saber mais Definedcrowd Inteligência Artificial Mobile World Congress
Mais lidas
Outras Notícias