Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Nórdica compra portuguesa Comparamais para conceder crédito online

A Lendo, que garante ser a maior empresa de comparação e concessão de crédito online no Norte da Europa, entra no mercado nacional com a aquisição da empresa de Bruno Araújo para “liderar a digitalização na concessão de crédito pessoal e de habitação em Portugal”.

Bruno Araújo, CEO da Comparamais.
Rui Neves ruineves@negocios.pt 26 de Julho de 2021 às 14:20
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

Depois de acabar os estudos no Reino Unido e passado quase 10 anos a trabalhar em bancos e financeiras na Europa e Ásia, Bruno Araújo viria a fundar a comparadora de preços iMoney, na Malásia, em 2013, que vendeu no final de 2017 a uma empresa australiana, tendo regressado a Portugal em 2019 para lançar a Comparamais.

 

Esta especialista na comparação de crédito, telecomunicações e energia, que conta atualmente com uma equipa de 15 pessoas, garante que contou, no ano passado, com "mais de 2,5 milhões de visitas e ajudou mais de 75 mil portugueses a poupar um total de dois milhões de euros em créditos e contratos de energia e telecomunicações".

 

Cerca de dois anos depois de ter criado a plataforma Comparamais, Bruno Araújo acaba de vender o controlo acionista da empresa à Lendo, que se apresenta como "a maior empresa de comparação e concessão de crédito online no Norte da Europa", que entra no mercado nacional com o objetivo de "liderar a digitalização na concessão de crédito pessoal e de habitação em Portugal".

 

"As duas empresas já preparam o lançamento de novas soluções que vão permitir a obtenção de crédito 100% online", anuncia a Lendo e a Comparamais, num comunicado conjunto enviado às redações esta segunda-feira, 26 de julho, onde não é revelado o valor da transação.

 

"Além de ser um país lindo, Portugal tem muitas características que se encaixam perfeitamente na Lendo. Primeiro, está digitalmente preparado. Depois, o mercado está a crescer e tem uma boa trajetória de recuperação económica, que já se sentia antes da pandemia e que deverá ser reforçada com um sólido crescimento nos próximos anos", considera Roar Bjærum, CEO da Lendo.

 

"A entrada da Lendo em Portugal vem acelerar a digitalização do mercado financeiro e permitir à Comparamais ajudar ainda mais portugueses a obter crédito de forma mais fácil, rápida e segura. Mas além das novidades que vão simplificar a obtenção de crédito habitação e crédito pessoal, quero sublinhar que vamos continuar a apostar em ajudar as famílias portuguesas a poupar nas suas contas mensais, através da nossa plataforma", afirma Bruno Araújo, CEO da Comparamais.

 

Fundada em 2007 na Suécia, a Lendo pertence ao grupo Schibsted, que tem sede em Oslo, capital da Noruega.

 

Ver comentários
Saber mais comparamais lendo crédito online bruno araújo
Outras Notícias