Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Anacom: Preços das telecomunicações caíram 1%, mas abaixo da média europeia

De acordo com os dados divulgados pela entidade reguladora, a Nowo é a operadora que apresenta as mensalidades mais baixas para sete tipos de serviços, incluindo a oferta individualizada de acesso à internet.

A entidade liderada por Cadete de Matos garante que as operadoras cumpriram as recomendações de 2018.
Paulo Calado
Sara Ribeiro sararibeiro@negocios.pt 28 de Dezembro de 2020 às 13:20
  • Assine já 1€/1 mês
  • 6
  • ...

A Anacom  divulgou esta segunda-feira que os preços das telecomunicações em Portugal aumentaram 0,12% em novembro, face ao mês anterior. No entanto, em comparação ao mês homólogo os preços diminuiram 1,03%, de acordo com os mesmos dados divulgados pela entidade reguladora que têm como base a informação do Eurostat.

O regulador liderado por Cadete de Matos explica que a subida verificada de outubro para novembro resultado "do aumento de preços das ofertas "triple-play" em 3,3%, como tinha revelado no mês passado. Uma informação que foi, contudo, contestada pelas operadoras. Aliás, o tema dos preços do setor em Portugal tem sido uma das principais batalhas entre as empresas  do setor e a Anacom.

A Anacom detalha ainda que em comparação com o mês homólogo, os preços em Portugal recuaram 1,03%, ao passo que "a taxa de variação média dos preços das telecomunicações na UE dos últimos doze meses foi de -2,43%". Esta redução "reflete, sobretudo, a entrada em vigor no dia 15 de maio de 2019 das novas regras europeias que regulam os preços das comunicações intra-União Europeia".

No entanto, num horizonte mais alargado, entre o final de 2009 e novembro de 2020, "os preços das telecomunicações em Portugal aumentaram 6,7%, enquanto na União Europeia diminuíram 10,6%", destaca o regulador. A Anacom exemplifica ainda que enquanto os preços das telecomunicações em Portugal aumentaram 6,7% neste período, "em Espanha, Itália e França diminuíram 9,4%, 16,9% e 24%, respetivamente".

De acordo com a mesma informação divulgada pelo EUROSTAT, que comparou os níveis de preços das comunicações nos vários países da UE, "em 2019 os preços das telecomunicações em Portugal foram os oitavos mais elevados da União Europeia, 21,4% acima da média".

Além da análise dos dados do Eurostat, a Anacom divulgou esta segunda-feira o relatório sobre a "Evolução dos preços das telecomunicações" relativo a novembro de 2020. E, segundo as conclusões deste documento, "entre os serviços/ofertas considerados, as mensalidades mais baixas são oferecidas pela Nowo em sete casos", enquanto a Meo e a Nos "apresentaram as mensalidades mais baixas para três tipos de serviços/ofertas e a Vodafone para um".

A Anacom conclui ainda que a "oferta individualizada de acesso à internet da Nowo é a que apresenta a mensalidade mais baixa (20 euros)".

Ver comentários
Saber mais Anacom Eurostat telecomunicações
Outras Notícias