Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Apesar de perder quota, Nos mantém liderança na TV paga

A Meo não conseguiu destronar a Nos na liderança da televisão paga, tal como ambicionava. Segundo os números da Anacom a Nos fechou 2019 com a maior quota de assinantes com 40,1%, seguida da Meo, com 39,6%.

Bloomberg
Sara Ribeiro sararibeiro@negocios.pt 12 de Março de 2020 às 12:57
  • Partilhar artigo
  • 1
  • ...

A Nos fechou 2019 com uma quota de 40,1% na televisão paga. Um valor que representa uma perda de 1,1 pontos percentuais, mas que mesmo assim não foi o suficiente para a Meo roubar a liderança à operadora liderada por Miguel Almeida tal como tinha previsto.

De acordo com os dados divulgados esta quinta-feira pela Anacom, a Altice Portugal atingiu uma quota de 39,6%, o que representou um ligeiro crescimento de 0,4 pontos percentuais e adia a ambição de alcançar a liderança neste segmento.

Numa conversa com jornalistas em agosto do ano passado, o administrador financeiro da Altice Portugal, Alexandre Matos, tinha destacado que a Meo estava a aproximar-se "cada vez mais do líder" do segmento de televisão [a Nos]. E que pretendia alcançar esse lugar "em absoluto no final do ano". Um objetivo que, tendo em conta os números conhecidos hoje, não foi cumprido.

Segundo os mesmos dados divulgados pelo regulador, a Vodafone fechou 2019 com uma quota de 16,3% e a Nowo com 3,9%. No ano passado, a operadora liderada por Mário Vaz foi a que captou mais assinantes em termos líquidos com um aumento de 1,1 pontos percentuais. Já a Nowo, recuou 0,4 pontos percentuais.

No total, o número de assinantes do serviço de distribuição de sinais de TV por subscrição atingiu 4,1 milhões no final de 2019, traduzindo um crescimento de 3,7% face ao ano anterior, que corresponde a 147 mil novos assinantes.

 

Ver comentários
Saber mais Nos Meo Vodafone Nowo Anacom telecomunicações
Outras Notícias