Transportes EMEL contrata app Via Verde Estacionar para cobrar o estacionamento em Lisboa

EMEL contrata app Via Verde Estacionar para cobrar o estacionamento em Lisboa

A Empresa Municipal de Mobilidade e Estacionamento de Lisboa contratou o serviço Via Verde Estacionar para a cobrança nos parquímetros da cidade de Lisboa.
EMEL contrata app Via Verde Estacionar para cobrar o estacionamento em Lisboa
Correio da Manhã
Negócios 14 de novembro de 2019 às 16:02
A EMEL- Empresa Municipal de Mobilidade e Estacionamento de Lisboa contratou o serviço da Via Verde Estacionar, uma aplicação para smartphones de pós-pagamento do estacionamento, que serve de alternativa às moedas gastas nos parquímetros, segundo um comunicado. Vai abranger 75 mil lugares.

Através da "app", que é gratuita, o utilizador pode pagar ou até prolongar e antecipar o tempo de estacionamento, sem ter de se deslocar ao parquímetro. A aplicação permite localizar o veículo com o smartphone e fazer o pagamento do estacionamento de várias matrículas em simultâneo. A empresa adianta que não é necessário que o utilizador tenha o identificador da Via Verde. 

"A Via Verde propõe ter uma oferta integrada de serviços de mobilidade,eficientes, acessíveis e fáceis de usar. A entrada em serviço do serviço Via Verde Estacionar em Lisboa é um marco fundamental na concretização do nosso objetivo de proporcionar mobilidade eficiente para as pessoas e completa a nossa oferta em toda a área metropolitana", disse João Azevedo Coutinho, Presidente do Conselho de Administração da Via Verde, em comunicado. 

O lançamento comercial vai decorrer na próxima semana, a partir de dia 20 de novembro. Através da aplicação o cliente pode controlar as transações e o pagamento, com informação da data, hora e local onde realizou o estacionamento, incluindo o extrato do recibo.

Quem começar a usar o serviço Via Verde Estacionar em Lisboa terá a oferta da primeira sessão de estacionamento, que é válida até ao dia 12 de dezembro. Com a chegada deste serviço, são já 7 os municípios da Grande Lisboa abrangidos por esta aplicação (Almada, Amadora, Cascais, Lisboa, Loures, Oeiras e Sintra), de um total de 19 municípios no país.

Com esta atualização a EMEL "entende estar a contribuir para um maior conforto das pessoas e uma maior sustentabilidade ambiental", segundo Luís Natal Marques, Presidente do Conselho de Administração da empresa. 

"Esta contratação da Via Verde (...) trata-se de um complemento ao sistema de pagamento através da App ePark que, pelos seus principais atributos, dos quais se destacam a Simplicidade, a Comodidade e a Rapidez, representa já mais de 30% dos pagamentos de estacionamento na via pública e é usado por mais de 450 mil utilizadores registados na plataforma de mobilidade EMEL", pode ler-se no comunicado enviado.



pub

Marketing Automation certified by E-GOI