Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Governo nega saída da administração da CP

O Ministério do Planeamento e das Infraestrutiras garante que o conselho de administração da CP, liderado por Carlos Nogueira, "está a trabalhar normalmente"

Carlos Gomes Nogueira CP
Bruno Simão
Negócios 07 de Agosto de 2018 às 18:07
  • Assine já 1€/1 mês
  • 3
  • ...

O Ministério do Planeamento e das Infraestruturas negou esta terça-feira que conselho de administração da CP - Comboios de Portugal esteja de saída da empresa, numa altura em que vários problemas reportados na operação ferroviária já levaram a oposição a falar numa "situação de colapso".

"O conselho de administração da CP está a trabalhar normalmente", disse ao Negócios fonte oficial do gabinete de Pedro Marques. Entretanto, o ministério do Planeamento e Infraestruturas dirigiu um comunicado às redacções, no qual afirma que "o Governo desmente as notícias divulgadas hoje sobre o Conselho de Administração da CP e esclarece que este se encontra a desempenhar regulamente as suas funções".

O jornal Público avançou esta terça-feira que o Governo está à procura de uma nova equipa para substituir Carlos Nogueira, Abrantes Machado e Ana Malhó, que a 1 de Julho de 2017 sucederam à administração liderada por Manuel Queiró.

O serviço da CP tem estado debaixo de fogo nas últimas semanas devido à supressão de comboios, às alterações nos horários em várias linhas – Norte, Cascais, Sintra e Oeste – e à falta de manutenção e de condições de conforto das composições, incluindo nos serviços de longo curso, como o Alfa Pendulares e Intercidades.


Apesar destes problemas, que já motivaram acusações ao Governo por parte da oposição, o secretário de Estado das Infraestruturas, Guilherme d'Oliveira Martins, disse à Lusa que "não há colapso nenhum, o que acontece são opções por parte da CP para garantir que há condições de transporte dignas e de qualidade".

Ver comentários
Saber mais transportes CP Pedro Marques
Outras Notícias