Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Fim-de-semana para levar uma orquestra portuguesa à Grécia ou para entrar no mundo da Anime

Se não conseguiu viajar até ao rio Coura, não bata com a cabeça nas Paredes. O Negócios apresenta aqui várias propostas para ocupar o fim-de-semana.

Diogo Cavaleiro diogocavaleiro@negocios.pt 19 de Agosto de 2011 às 11:18



Observar a força da cultura da Hello Kitty ou do Pikatchu, “ecocaminhar” ou passear ao lado de gigantones. Estas são algumas das coisas que tem para fazer este fim-de-semana, ainda antes de se preocupar com o imposto sobre transacções financeiras ou com o corte do subsídio de Natal.

Paredes de Coura é mais uma prova de que os reis de Agosto em Portugal são os festivais. Mas outros concertos também ocupam o palco da cultura nacional. A West Europe Orchestra cruza as dificuldades financeiras de Portugal e da Grécia. E os Santos e Pecadores, Áurea e os Santamaria também por aí vão dar concertos.

Se não é música que quer para esquecer o “short selling”, e se ir à praia não é opção, há como aproveitar o fim-de-semana. Viana do Castelo, Bombarral, Nisa, Glória do Ribatejo ou então Porto e Lisboa são opções.



Bombarral

Portugal e Grécia estão em sintonia relativamente às dificuldades financeiras que estão a sentir nos últimos anos. Este fim-de-semana, a vida dos países volta a cruzar-se. Desta vez, através da orquestra portuguesa West Europe Orchestra.

O International Youth Band Festival, festival de orquestras jovens, acontece em Salónica, na Grécia, no fim de Agosto. E é lá que a orquestra nacional vai. Mas as viagens custam 25 mil euros. E ainda falta um terço do dinheiro para as pagar na totalidade, referiu o maestro Élio Leal à Lusa.

Para isso, o grupo vai angariar fundos através de um concerto. A entrada é gratuita, por isso, cada espectador oferece o que entender.

Pode assistir-se ao misto de música portuguesa, étnica e ainda música que foi composta especialmente para orquestra de sopros no domingo, dia 21, pelas 21h30, no Palácio do Gorjão, no Bombarral, como indica a página de Facebook do espectáculo.



Viana do Castelo

Em Viana do Castelo, o mar ganha protagonismo. Mas não é da Economia do Mar que se trata.

As embarcações de pesca vão descer o rio mas não para apanhar peixe. As embarcações desportivas vão descer o rio mas não para chegarem à meta. Vão sim acompanhar Nossa Senhora d’Agonia na Procissão ao Mar e ao Rio nas festas de Viana do Castelo.

A procissão é o destaque de sábado, pelas 14h30. Mas ao fim do dia, há a festa do Traje. “Vamos assistir à apoteose da ‘mulher de Viana’, à sua arte, ao seu engenho, à sua chieira, à sua força de matriarca”, anuncia o site das festas de Viana.

O cortejo etnográfico realiza-se no domingo, pelas 16h00, com o vinho em primeiro plano. “Viana Cidade do Vinho 2011” é o tome do dia que termina com a serenata.



Nisa

Há duas semanas, houve uma “caominhada”. Agora há uma “Eco caminhada”. “Eco” não de Economia, mas de Ecologia.

São cinco quilómetros a percorrer em Tolosa (não a francesa Toulouse), no concelho de Nisa (não a francesa Nice), com o objectivo de limpar o lixo que se encontra nas bermas das estradas por onde se passear. Às 9h30, na junta de freguesia de Tolosa começa o percurso.

Para os mais novos, realiza-se a Gincana Valnor. Não vão apanhar o lixo do chão, mas pretende-se que fiquem a aprender mais sobre a reciclagem.



Glória do Ribatejo

A população faculta utensílios, objectos, fotografias e histórias de vida da Glória do Ribatejo. E assim se cria a exposição etnográfica que comemora os 25 anos da Associação para a Defesa do Património Etnográfico e Cultural da Glória do Ribatejo, inaugurada em 1986.

O evento é inaugurado no sábado e estará no Museu Etnográfico da Glória do Ribatejo.

A actividade está inserida no programa de festas em honra de Nossa Senhora da Glória, que se realiza entre 19 e 22 de Agosto.

Santos e Pecadores, Santamaria e José Malhoa são os nomes de quem vai actuar nas festividades, que contam ainda com um jogo de futebol de velhas glórias da região ou um passeio de BTT.




Porto

Se achar que as propostas não são suficientes, e o que queria era estar em Paredes de Coura mas não houve mesmo hipótese, há uma exposição no Porto que o pode colocar lá perto. Pelo menos, o nome tem uma semelhança: “Off the Wall/ Fora da Parede”.

A exposição está no Museu de Arte Contemporânea de Serralves desde 21 de Maio e pode visitá-la até 2 de Outubro. É organizada pelo Whitney Museum of American Art.

Há trabalhos desde 1948, com o cruzamento de artes visuais com artes performativas e imagens em movimento.

Aos sábados e domingos há horários em que se realizam visitas orientadas pela equipa do serviço educativo, anuncia o site de Serralves.





Lisboa

Viajar pelo país pode não ser alternativa. Mas talvez viajar para o Japão o seja. Mesmo que não fisicamente. A Anime e a Manga japonesas abrem-se hoje, sexta-feira, ao mundo no Museu do Oriente, em Lisboa.

A Hello Kitty e o Pikatchu, dos Polémon, são mascotes no Japão. A iniciativa pretende explicar porquê. Na página de Internet do museu lisboeta, refere que a exposição “Japão: O Paraíso das Mascotes” mostra como é que os japoneses transportam a vida destas personagens para as suas.

Incorporar, pintar ou vestir a pele de uma destas personagens é sempre possível. Mas vê-las na exposição é só até 18 de Setembro.

Ver comentários
Outras Notícias
Publicidade
C•Studio