Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Bolsas dos EUA abrem semana em alta ligeira

Neste início de semana, os investidores estão a avaliar o potencial impacto do furacão Harvey para a maior economia do mundo.

Reuters
Rita Faria afaria@negocios.pt 28 de Agosto de 2017 às 14:39
  • Assine já 1€/1 mês
  • 1
  • ...

Os principais índices norte-americanos iniciaram a sessão desta segunda-feira, 28 de Agosto, em alta ligeira, numa altura em que os investidores estão a avaliar o potencial impacto do furacão Harvey, que continua a penalizar o dólar americano.

 

Depois de três sessões consecutivas de perdas, o Nasdaq sobe 0,24% para 6.280,94 pontos. Já o Dow Jones valoriza 0,2% para 21.857,52 pontos e o S&P500 ganha 0,21% para 2.448,11 pontos.

 

A tempestade está a atingir fortemente o estado do Texas, o coração do sector energético dos Estados Unidos, aumentando as preocupações sobre as consequências do furacão para a economia norte-americana.

 

O Harvey, o mais forte furacão a atingir o Texas nos últimos 50 anos, deverá continuar a afectar Houston nesta segunda-feira, piorando as inundações que paralisaram a quarta maior cidade do país.

O índice que mede o desempenho do dólar face às principais congéneres mundiais está a deslizar pela segunda sessão consecutiva, tendo atingido já o valor mais baixo desde Maio de 2016.

 

A contribuir para a desvalorização da divisa norte-americana está a falta de indicações concretas sobre o rumo da política monetária nos Estados Unidos, já que no encontro de Jackson Hole, que terminou no sábado, a presidente da Reserva Federal dos Estados Unidos, Janet Yellen, não deu qualquer pista.

 

Também o crude negociado em Nova Iorque desce 0,81% para 47,47 dólares. 

Em destaque na sessão desta segunda-feira estão os títulos da Kite Pharma, com uma subida de 28,81% para 179,17 dólares, depois de ter sido noticiado que a empresa será comprada pela Gilead Sciences. As acções da farmacêutica norte-americana valorizam 2,07% para 75,32 dólares. 


(Notícia actualizada às 14:59)

Ver comentários
Saber mais bolsas Estados Unidos Wall Street mercados
Outras Notícias