Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Fim do rally à vista? Nasdaq cede pelo terceiro dia

As bolsas de Nova Iorque fecharam no vermelho a sessão desta terça-feira, com o Nasdaq a cair pelo terceiro dia. Já há quem veja sinais do fim do rally do setor tecnológico.

Reuters
Pedro Curvelo pedrocurvelo@negocios.pt 11 de Agosto de 2020 às 21:12
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...
Após um dia com grandes flutuações, os índices bolsistas norte-americanos cederam na parte final e fecharam no vermelho, com destaque para o Nasdaq Composite, que liderou as quedas e soma três sessões em perda.

Foi na última hora de negociação, após o líder republicano no Senado, Mitch McConnell, ter declarado à Fox News estar "cético" quanto a um regresso às negociações com os democratas sobre o novo pacote de estímulos à economia, que os índices quebraram mais.

O Dow Jones foi o menos penalizado dos principais índices, deslizando 0,38%, para os 27.686,91 pontos.

O S&P 500, por seu turno, pôs fim a uma série de sete sessões em alta ao recuar 0,80%, para os 3.333,69 pontos. Durante a sessão, o índice chegou a estar a um ponto percentual dos máximos históricos registados em fevereiro. A pesar no índice estiveram principalmente os setores de "utilities" e do imobiliário.

Já o Nasdaq Composite sofreu o maior tombo: 1,69%, para os 10.782,82 pontos. O índice dominado pelas tecnológicas caiu pelo terceiro dia consecutivo desde que alcançou um máximo histórico na passada quinta-feira.

"Parece um mercado nas últimas fases de um rally", diz Sameer Samana, analista da Wells Fargo Investment, citado pela Bloomberg. "Continua a ser um mercado de apetite pelo risco, mas com um sabor ligeiramente diferente daquele que vimos enquanto as taxas de juro e o dólar caíam", acrescenta.

"Estamos a ver alguma realização de mais-valias, os investidores estão a tentar uma rotação para algumas ações que não têm tido um desempenho tão bom. Os últimos dias têm sido marcados pelos dados mais positivos relativamente ao coronavírus", indica à Bloomberg Keith Gangl, gestor de portefólio da Gradient Investments.

Entre as "big tech", a Apple caiu 2,97%, a Microsoft perdeu 2,34%, a Amazon recuou 2,14%, a Alphabet, casa-mãe do Google, cedeu 1,09% e o Facebook deslizou 2,61%.
Ver comentários
Saber mais Nasdaq Composite bolsa wall street dow jones s&p 500
Mais lidas
Outras Notícias