Bolsa Manuel Champalimaud volta a reforçar nos CTT

Manuel Champalimaud volta a reforçar nos CTT

O "chairman" da Gestmin comprou 450.250 acções dos CTT, entre 7 e 12 de Setembro, passando a deter 9,02% do capital da empresa liderada por Francisco Lacerda.
Manuel Champalimaud volta a reforçar nos CTT
Pedro Elias/Negócios
Negócios 13 de setembro de 2016 às 19:05

Manuel Carlos de Mello Champalimaud, presidente do conselho de administração da Gestmin e administrador não executivo dos CTT, reforçou a sua posição na empresa de serviços postais, informou em comunicado à CMVM.

 

No dia 7 de Setembro, adquiriu 41.820 acções ordinárias dos CTT pelo preço médio de 6,40 euros por acção; no dia seguinte comprou 132.091 ao preço médio de 6,47 euros por acção; no dia 9 comprou mais 177.695 títulos (6,58 euros em média, por cada um) e no dia 12 adquiriu 98.644 acções ao preço médio de 6,44 euros por título.

 

Manuel Champalimaud passou assim de uma posição de 13.073.391 acções para 13.523.641 acções, detidas directa e indirectamente. Em nome próprio detém agora 284.885 acções e em nome da Gestmin detém 13.238.756 acções.

 

Após estas transacções, o "chairman" da Gestmin passou a deter, directa e indirectamente, 9,02% do capital social e dos direitos de voto dos CTT.

 

Manuel Champalimaud tem vindo a reforçar a sua participação no capital dos CTT. A mais recente compra tinha sido no dia 26 de Agosto, quando, através da Gestmin, adquiriu 353.662 acções.

 

Na sessão de hoje, as acções dos Correios fecharam a cair 1,48% para 6,378 euros por acção.




pub

Marketing Automation certified by E-GOI