Outros sites Cofina
Notícias em Destaque
Notícia

Société Générale corta preço-alvo e recomendação da EDP Renováveis. Retorno potencial é de 2,6%

O banco de investimento francês reviu em baixa o preço-alvo para a empresa portuguesa.

EDPR cede 20% e trava bolsa
Gonçalo Almeida goncaloalmeida@negocios.pt 13 de Julho de 2021 às 07:52
  • Assine já 1€/1 mês
  • 2
  • ...
O Société Générale cortou o preço-alvo para a EDP Renováveis em 2,7% passando de 22,50 euros por ação para 21,90 euros, tendo ainda reduzido a recomendação de "comprar" para "manter" na pré-abertura de sessão desta terça-feira. 

Ontem a empresa portuguesa escalou 4,10% para os 21,32 euros por ação, o que representou um máximo desde meados de fevereiro deste ano e o maior ganho diário desde abril. Tendo em conta este valor de fecho, o novo preço-alvo do banco de investimento dá-lhe um retorno potencial de 2,6%.

O analista do Société Générale que procedeu a esta alteração, Jorge Alonso Suils, "deu" um retorno de 45% no ano passado a quem seguiu as suas recomendações. Nos últimos 19 meses, o banco francês oscilou entre recomendações de "comprar" e "manter" (duas vezes cada).

A empresa tem estado em crescimento contínuo desde o final de fevereiro, tendo valorizado cerca de 31% desde essa data.
Ver comentários
Saber mais Société Générale EDP Renováveis economia negócios e finanças Informação sobre empresas bolsa preço-alvo recomendação
Outras Notícias