Câmbios Euro abaixo de 1,10 dólares pela primeira vez desde maio de 2017

Euro abaixo de 1,10 dólares pela primeira vez desde maio de 2017

A moeda única europeia perfurou o patamar de 1,10 dólares esta sexta-feira, o que não acontecia há mais de dois anos.
Euro abaixo de 1,10 dólares pela primeira vez desde maio de 2017
Carla Pedro 30 de agosto de 2019 às 16:16

O euro segue a ceder 0,64% face à nota verde, nos 1,0986 dólares. A moeda única europeia quebrou assim a fasquia de 1,10 dólares pela primeira vez desde 16 de maio de 2017.

A pressionar a moeda única estão os dados que mostram que a inflação na Zona Euro se mantém persistentemente baixa. A condicionar a negociação da moeda está também a incerteza sobre a política que será seguida pelo Banco Central Europeu (BCE), com alguns responsáveis a defenderem que o banco central deve avançar com mais estímulos enquanto outros dizem que não apoiarão as medidas de flexibilização quantitativa ("quantitative easing" - medidas através das quais o banco central injeta diretamente dinheiro na economia comprando ativos) na reunião de setembro.

 

Klass Knot é um desses responsáveis. O holandês, que preside ao banco central do país e é decisor do BCE, não considera que a atual situação económica na Europa justifique uma retoma do "quantitative easing" e que esse cenário não devia ser equacionado, a menos que o abrandamento da economia se acentue.

O presidente norte-americano já reagiu, voltando a apontar o dedo à Reserva Federal. Donald Trump acusou a Fed de inação perante a depreciação do euro face ao dólar.

 

"O euro está a cair ‘à doida’ face ao dólar, dando aos europeus uma grande vantagem nas exportações e atividade industrial… e a Fed nada faz!", escreveu o chefe da Casa Branca numa mensagem na sua conta do Twitter.


E prosseguiu: "nós não temos um problema de tarifas (estamos é a controlar os intervenientes no mercado que têm práticas más ou injustas), temos um problema com a Fed. Eles não fazem ideia do que andam a fazer".




Marketing Automation certified by E-GOI